Meus amigos

Gravidez... semana a semana.

Depois de confirmada a gravidez, os nove meses seguintes são de bastante expectativa e curiosidade da mamãe, que com certeza quer acompanhar o desenvolvimento do bebê semana a semana. Confira abaixo um guia com informações do que normalmente ocorre em uma gestação. Mas lembre-se que cada bebê se desenvolve de uma maneira única e que as informações não devem substituir o acompanhamento médico.
  • 1ª semana -Para os médicos, considera-se a primeira semana da gestação a semana em que se iniciou o ciclo menstrual que resultou na gravidez, ou seja, o primeiro dia da última menstruação.
  • 2ª semana -Na maioria das vezes, é na segunda semana do ciclo que ocorre a fecundação, o encontro do óvulo com o espermatozóide que formará o embrião.
  • 3ª semana - Ocorre a implantação do embrião no útero. Pode ocorrer uma pequena perda sanguínea, mas que não prejudica a gravidez.
  • 4ª semana - É na quarta semana que inicia-se a formação propriamente dita do embrião.
  • 5ª semana - Na 5ª semana a mulher já percebe que a menstruação está atrasada. No embrião, já começam a se formar o sistema circulatório, o coração e os primórdios do sistema nervoso central.
  • 6ª semana - O embrião já mede aproximadamente 4 mm. Os membros superiores e inferiores estão começando a se formar. O coração começa a bater. A futura mamãe pode se enjoar muito, não comer direito ou vomitar, algumas mulheres já começam a ganhar peso.
  • 7ª semana - Nesta semana há um crescimento rápido, o embrião chega 13mm e pesa 0,8g. Pulmões, rins e órgão sexual interno estão quase formados e os olhos, orelhas e boca já são visíveis. O coração já faz o sangue circular pelo corpo. O embrião já se mexe bastante dentro do útero, mas a futura mamãe ainda não consegue perceber os movimentos. O cordão umbilical desenvolve-se e a placenta está pronta.
  • 8ª semana -O embrião chega a 20mm, podendo pesar quase 3g. Os dentes e os músculos começam a se formar, o esqueleto se ossifica. Os braços e pernas se alongam, os dedos agora são visíveis. As principais partes do corpo já estão formadas, mas ainda não funcionam porque precisam crescer e ficar mais especializadas. No caso dos meninos, o pênis começa a aparecer.
  • 9ª semana - O embrião tem um tamanho desproporcional, sua cabeça é bem maior em relação ao seu corpo, os membros superiores são maiores que os membros inferiores. Agora ele tem cerca de 28mm e pesa cerca de 4g. No caso das meninas, o clitóris se forma, mas ainda não é possível saber o sexo do bebê. 
  • 10ª semana - O embrião agora é chamado de feto. O coração está pronto, os dedos começam a separação e os olhos deslocam-se para frente. Há uma produção de cerca de 250 mil neurônios a cada minuto. Seu comprimento varia de 30 a 42mm e seu peso aproximado é de 5g. O corpo da mamãe está mais redondo, o mal estar como os enjôos e azia diminuem, mas a mulher fica mais sensível e isso provoca irritação e choro fáceis. 
  • 11ª semana - O cérebro do feto está crescendo, por isso sua cabeça é metade do corpo. Ele pode medir até 60mm e pesar 8g. O intestino já realiza movimentos peristálticos, aparecem folículos de pêlo sobre a pele, nascem as unhas. O estômago e a bexiga são notáveis. 
  • 12ª semana - A placenta passa a ser responsável pela nutrição do bebê, que agora mede 61mm e tem peso de 13g. A face do bebê já tem aspecto humano, seu corpo já produz alguns hormônios. O bebê já se movimenta bastante dentro do útero, já é possível ouvir seus batimentos cardíacos na consulta médica. A “barriguinha” da mamãe começa a aparecer e a vontade de ir ao banheiro aumenta, pois o útero cresceu um pouco e agora comprime a bexiga. 
  • 13ª semana - O feto já está completamente formado, o tamanho da cabeça e do corpo estão ficando proporcionais. Agora o bebê pode chegar a 78mm de comprimento e pesar em torno de 20g. Os órgãos estão em fase de maturação. O bebê engole líquido amniótico e o excreta como urina no próprio líquido, que se renova a cada três horas. A mulher ganha uns quilos a mais e a irritabilidade diminui. 
  • 14ª semana - O comprimento do feto pode variar de 80 a 93mm e peso estimado 25g. Os olhos e orelhas estão na posição correta, o bebê já tem sobrancelhas, as bochechas e a ponta do nariz começam a ficar visíveis. Se for menino, a próstata começa a aparecer. Já nas meninas, os ovários descem até a pelve. O coração da mamãe agora bate mais rápido e mais forte, pois precisa bombear maior volume de sangue. Os seios começam a se preparar para produzir o colostro, que é o primeiro alimento do bebê. 
  • 15ª semana -Menino ou menina? Já é possível identificar o sexo do bebê através do ultra-som. Os cabelos começam a aparecer, os ossos ficam cada vez mais duros, os braços dobram as articulações. O bebê mede 103mm e pesa 50g. Se tatear a barriga com as mãos, a mamãe já pode localizar o bebê abaixo do umbigo. 
  • 16ª semana - O comprimento do bebê deve variar entre 108 e 116mm, o peso é de 80g. As pernas já estão mais longas que os braços, o bebê já consegue fazer algumas expressões faciais. Como já está completamente formado, agora o bebê está em fase de crescimento e desenvolvimento, mas ainda é difícil sentir seus movimentos. Os seios da mamãe estão mais sensíveis. 
  • 17ª semana - Agora com 100g, o bebê mede 12cm. A partir dessa semana a mãe já consegue sentir o bebê mexer. Ele já boceja e já tem impressões digitais. Ocorre a formação de uma camada de gordura, a pele do bebê ainda é bem fina. A barriga da mamãe está bem arredondada. 
  • 18ª semana - Os movimentos do bebê são sentidos com mais intensidade, ele agora mede entre 12 e 14cm e pesa quase 150g. O bebê já escuta seus batimentos cardíacos, os barulhos que o sangue faz ao correr pelo cordão umbilical. Logo ele também escutará tudo o que a mamãe falar. As retinas se tornam sensíveis à luz e os ovários das meninas estão diferenciados. A mamãe já ganhou cerca de 5kg. 
  • 19ª semana - Os sistemas circulatório, digestivo e urinário já funcionam integralmente. O bebê agora muda de posição e consegue responder a estímulos externos, como luz e som. Os dentes começam a se desenvolver, seu comprimento deve variar entre 13 e 15cm e o peso deve ser de aproximadamente 200g. A mamãe já ganhou bastante peso e isso pode causar dores e afetar sua postura. 
  • 20ª semana - Chegamos à metade da sua gravidez. O sistema nervoso do bebê está mais complexo e os cinco sentidos estão desenvolvidos. O bebê mede cerca de 16 cm e pesa 260g. Forma-se uma secreção das glândulas sebáceas sobre a pele, o chamado vernix, que tem como função proteger a pele do feto que está imersa no líquido amniótico. 
  • 21ª semana - O bebê está cada dia maior, ele agora mede 18cm e pesa 300g. Por isso, o corpo da mamãe pode inchar mais facilmente, ela precisa descansar com as pernas elevadas e beber bastante água. O bebê já pode soluçar de forma que a mãe perceba, seu sistema digestivo já funciona bem. Ele agora engole o líquido amniótico, a água é absorvida pelo organismo e as substâncias sólidas vão para o intestino grosso. 
  • 22ª semana -Nesta semana, seu bebê está medindo 19cm e pesando cerca de 350g. Ele já tem sobrancelhas, cílios e unhas completamente formados. No corpo da mãe, poucas mudanças acontecem, mas a barriga já pode ser notada. 
  • 23ª semana - A barriga da mamãe está bem redonda, pois o bebê cresceu mais um pouco e agora tem 20cm e pesa 455g. Apesar de magro, o bebê já tem a aparência de quando nascer. A parte interna do ouvido do bebê termina de se formar. A orientação para a mamãe nesta semana é beber muita água e descansar. 
  • 24ª semana - O bebê já consegue ouvir praticamente tudo e inclusive reconhece a voz da mamãe. Se souber o sexo, aproveite para escolher o nome do bebê e conversar com ele, chamando-o pelo nome. Ele agora tem 21cm, seu peso é de cerca de 540g e consegue dar cambalhotas, chutes e socos dentro da barriga. É normal que a mamãe se sinta mais cansada nessa fase. 
  • 25ª semana - O corpo do bebê cresce mais que a cabeça, tornando-se mais proporcional. Ele já percebe a luz, abre e fecha as mãos. O comprimento do bebê pode estar por volta de 22cm e peso é de 700g. A mamãe pode sentir uma pressão na região lombar e perto das costelas. Para evitar que as estrias apareçam, é necessário que a mamãe faça uma boa hidratação. 
  • 26ª semana - Como 23cm de comprimento e pesando 910g, o bebê está ganhando peso e seus órgãos estão amadurecendo. Os olhinhos já ficam abertos, começam os movimentos respiratórios. Com o peso extra, a mamãe pode sentir dores de cabeça, dores nas pernas e falta de ar. 
  • 27ª semana - O bebê agora pesa 1 quilo e mede 24cm. As funções do cérebro da criança estão se aprimorando. Se nascer prematuramente, já tem chances de viver sem seqüelas, mas precisará passar um tempo na incubadora, pois seu corpo ainda não possui gordura suficiente para se manter aquecido. O feto pressiona os pulmões, por isso a mamãe pode ter mais dificuldades para respirar. 
  • 28ª semana - A partir desta semana o bebê começa a se mexer menos, sua medida é de 25cm e seu peso está em torno de 1100g. A barriga da mamãe só cresce, pode aparecer uma linha escura que vai do umbigo até os pêlos pubianos, é a chamada de linha negra, que desaparece em até 12 meses depois do parto. A mamãe já deve ter ganhado 10 quilos. 
  • 29ª semana  - O bebê muda de posição constantemente dentro da barriga e adora brincar com o cordão umbilical. O sistema nervoso central está bem desenvolvido e já permite que o bebê consiga controlar sua temperatura a partir do nascimento. A pele já não é mais enrugada e está avermelhada. O comprimento do bebê é de 26cm e seu peso é de 1250g. A mamãe deve usar calçados mais confortáveis, pois os pés começam a inchar mais. É normal o colostro sair do peito, com uma aparência amarelada. Também há aumento na secreção vaginal. 
  • 30ª semana -  O peso do bebê deve estar em torno de 1350g e seu tamanho, cerca de 27cm. O bebê já fica de cabeça para baixo, posição do parto normal. Nas meninas, os pequenos lábios ainda não cobriram o clitóris, que fica bem à vista. Se a mamãe sentir-se incomodada ao dormir, pode tentar deitar-se do lado esquerdo, pois essa posição exige menos esforço e facilita a circulação placentária. 
  • 31ª semana - Nesta semana, a medida do feto é de 28cm e o peso, 1600g. Agora o bebê passará a ganhar peso e o crescimento irá diminuir. O líquido amniótico diminui conforme o bebê vai crescendo e ocupando mais espaço dentro do útero. Sua estrutura óssea se fortalece. Encontrar uma posição agradável para dormir se torna cada vez mais difícil para a mamãe. 
  • 32ª semana - A aparência do bebê já é bem parecida com que será quando nascer. O corpo está todo proporcional, ele mede aproximadamente 29cm e pesa 1800g. A mamãe sente os movimentos do bebê bem fortes, porém ele se movimenta menos por causa da falta de espaço no útero. O bebê está ganhando bastante peso, e a mamãe também ganha. 
  • 33ª semana - O bebê está com 30cm de comprimento, 2000g de peso. O organismo do bebê está se preparando para viver fora do útero e por isso, ocorrem processos como o de armazenamento de ferro em seu fígado. A mamãe sente vontade de ir ao banheiro mais vezes, pois o feto está grande e pressiona os órgãos. 
  • 34ª semana - Nesta fase, o bebê já se prepara para o parto e seu sistema imunológico evolui. Agora ele mede 32cm e pesa em torno de 2300g. Os ossos do crânio do feto ainda não estão conectados, pois isso facilita a sua passagem pelo canal vaginal na hora do parto. Nessa fase, a mamãe continua sentido contrações indolores, conhecidas como falso trabalho de parto. Mais que quatro contrações por hora durante o descanso podem ser sinal de parto prematuro. 
  • 35ª semana - O comprimento do feto chega a 33cm, seu peso é de cerca de 2550g. A partir dessa época, o bebê já pode “descer”, com isso a barriga da mamãe fica mais baixa. Quando o bebê desce, ele já não pressiona tanto os órgãos da mamãe e assim ela consegue respirar melhor, porém pode sentir dores na parte inferior da coluna. Se houver inchaços na face e nas mãos, procure seu médico imediatamente, podem ser sinais de pré-eclampsia (hipertensão que restringe a circulação sanguínea para a placenta). 
  • 36ª semana -O comprimento do bebê está em torno de 34cm, o peso é de 2750g e o útero da mamãe já está abaixo das costelas.O bebezinho já começa a diferenciar que a movimentação da mamãe é mais intensa ao dia que à noite. As consultas médicas a partir de agora devem ser semanais, para garantir a saúde da mãe e do bebê. 
  • 37ª semana -A partir de agora não ocorrem grandes mudanças, o bebê está medindo 35cm, pesando 2950g e pode nascer a qualquer momento. Ele já está na posição que irá nascer, isso ajuda o médico a decidir se o parto será normal ou cesárea. A mamãe se sente um pouco mais aliviada em relação a dores e respiração. Qualquer sintoma diferente deve ser informado ao médico. 
  • 38ª semana - O bebê essa semana deve medir 35cm e pesar 3100g. Com a proximidade do dia do parto, a mamãe deve continuar sentindo as falsas contrações, que são irregulares e sentidas nas costas, baixo ventre e bacia. As contrações verdadeiras são regulares, sentidas em tempos cada vez mais freqüentes e duradouros. Além disso, nas contrações verdadeiras a bolsa de água poderá se romper. 
  • 39ª semana - Como perdem peso logo que nascem, os bebês precisam acumular gordura até o final da gestação, pois ela ajuda a regular a temperatura corporal. Nesta semana, o bebê pesa em torno de 3250g e já está com 36cm. O ideal é que até aqui, a mamãe tenha engordado no máximo 15kg, mas isso varia de mulher para mulher. A mamãe deve ficar atenta aos sinais das contrações e rompimento da bolsa. Se isso acontecer, é hora de avisar o médico e correr para a maternidade. 
  • 40ª semana - A medida do bebê é de 38cm da cabeça até o bumbum, mas sua medida total é de 48 cm. O peso deve estar em torno de 3500g. Ele se movimenta pouco, pois já não há espaço dentro do útero. O dia do parto deve estar programado para essa semana, mas pode se prolongar por até mais duas. Caso isso aconteça, é essencial que a gestação seja acompanhada de perto pelo médico. Se a bolsa de água romper, ligue para seu médico, ele irá orientá-la sobre o que fazer. Depois que a bolsa se romper, as contrações podem demorar a aparecer.

Fonte: http://www.sobrebebe.com.br/gravidez-semana-a-semana/ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário