Meus amigos

15 dicas para escolher a escola ideal para os filhos.

A tarefa de escolher a escola dos filhos é uma das mais difíceis. O colégio, além de ser responsável pelo ensino, trará valores para a vida das crianças. Afinal, de lá que sairão os amigos, as influências e as experiências. A psicopedagoda Cristina Quilici, professora e membro da Associação Brasileira de Psicopedagogia, fez uma lista dos principais pontos que devem ser observados pelos pais. Confira.
1. Estabeleça quais valores e quais os objetivos a família quer passar para a criança. O vestibular é o foco desde cedo? O importante é construir o caráter e o raciocínio? A partir daí, conheça a proposta pedagógica que a escola segue e tente escolher a que ande junto com os seus objetivos.
2. Escolha uma escola próxima à residência ou ao trabalho. Perto de casa é sempre melhor para não estressar a criança no trânsito.
3. Conheça a escola em funcionamento e faça mais de uma visita. Ver as crianças felizes é um ótimo sinal.
4. Fale com amigos que tenham filhos na escola. Buscar referências sempre é um bom caminho para reforçar a escolha.
5. Pergunte como é feita a separação das crianças mais novas das mais velhas. Os pequenos podem se machucar no meio de adolescentes.
6. No caso de bebês, verifique se o local para troca de fraldas e o armazenamento das mamadeiras são adequados.
7. Verifique como a escola trabalha o período de adaptação. Se os pais podem ficar o período todo, se são apenas algumas horas. A criança chorar no começo do período é normal, mas há um limite para esse choro. Se depois de duas, três semanas não melhorar, converse com a escola.
8. Veja se a carga horária sobrecarrega a criança com relação à lição de casa e atividades extracurriculares. Criança precisa ter tempo para brincar, pois é isso que favorecerá o desenvolvimento do raciocínio e da imaginação. Quando uma criança brinca, ela está se preparando para a vida.
9. Procure saber qual a formação dos professores. É imprescindível terem formação superior com especialização em educação.
10. Cheque se a pessoa que recebe as crianças conhece os alunos e os pais. É muito importante que, mesmo adolescentes, só seja permitido ir embora sozinho com autorização dos pais.
11. Veja se as salas de aula são arejadas, confortáveis. A escola precisa contar com equipamentos multimídia para oferecer diferentes recursos de aprendizagem.
12. Atividades extracurriculares ligadas à cultura ajudam na formação intelectual e de caráter das crianças. Procure escolas que tenham projetos de música, teatro.
13. Se o filho for adolescente, peça a sua opinião antes de escolher a escola.
14. Veja se a mensalidade cabe em seu orçamento. Isso também vai ajudá-lo a evitar que seu filho sinta que não pertence aquele mundo. Lembre-se que além da mensalidade, há matricula, material e excursões. Coloque tudo na ponta do lápis.
15. Depois que fez escolha, observe a reação do seu filho. Veja se ele gosta de ir para a escola e se comenta sobre bons momentos que passou no período. Participe de reuniões de pais e festas. Fazer parte do mundo em que seu filho está inserido todos os dias é fundamental para confirmar que você fez a escolha certa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário