Meus amigos

Perigo no Notebook


 
 Atenção - pessoal que vivem com o notebook
No feriado passado houve um princípio de incêndio em um apto do 13º andar do prédio 305 da Av Afrânio de Melo Franco, felizmente percebido a tempo pelos vizinhos (mesmo sendo no início, foram necessários 9 extintores para debelar o fogo). Fica o alerta: o morador cometeu um erro que muitos fazem: deixou o notebook ligado, juntamente com vários outros equipamentos, sobre uma toalha de mesa revestida de plástico, com outros materiais inflamáveis próximo, ou seja, armou uma bomba relógio e saiu. Causas prováveis indicadas pelos bombeiros, após examinar o local:
  • 1 - O CARREGADOR pode ter esquentado, o calor transferido à toalha de mesa e como não tinha ninguém em casa, começou o fogo;
  • 2 - O NOTEBOOK tem um ventilador(cooller), que resfria mas pode travar, pricipalmente se ficar em cima de uma toalha de mesa grossa que vai impedir a circulação do ar por baixo e irá causar o super aquecimento de todo equipamento e novamente o calor poderá ser transferido à toalha de mesa podendo iniciar um incêncio. Os bombeiros, que só chegaram depois de tudo apagado, disseram que está sendo comum FÔGO INICIADO Á PARTIR DE NOTEBOOKS LARGADOS LIGADOS SOBRE MADEIRA, TOALHAS (PLÁSTICAS, TECIDO OU PAPEL). Se o fogo tivesse se alastrado não teriam muito o que fazer devido a altura. Cuidado com carregadores em geral (notebook, celulares, etc...) que por natureza dissipam calor quando estão em uso.
  • EVITE DEIXA-LOS LIGADOS DURANTE A AUSÊNCIA DE CASA OU TRABALHO e caso seja imprescindível, deixem sobre superfícies não inflamáveis (bancadas de pedra, mesas de vidro ou até sobre o piso cerâmico, sem nada que possa propagar fogo por perto, (NUNCA SÔBRE PISO DE MADEIRA,
  • TAPETES, TOALHAS DE MESA E ETC...).
  • Nunca deixar carregando em cima da cama, como tem gente que gosta de fazer, nem pensar
  • Tem coisas que a gente pensa que nunca vai acontecer com a gente mas... 
A C O N T E C EM !!!
 
 
Email recebido do amigo Wilton Sevira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário