Meus amigos

O que são impressoras multifuncionais?

 
São equipamentos que oferecem múltiplas utilidades, como: imprimir, passar fax (geralmente através de software), digitalizar (scanner) e tirar cópias de documentos. Existem multifuncionais com tecnologia de impressão a jato de tinta bem como a laser. Mas se você precisa de impressão colorida dê preferência aos modelos jato de tinta, mais acessíveis do que os modelos a laser em cores.
  • São ideais para pequenos escritórios ou home-office, com pouco espaço disponível para vários equipamentos. Para sua melhor escolha, na hora da compra, tenha em mente quais funções mais irá precisar de acordo com suas necessidades.
  • Por exemplo, se a função fax não é tão importante, opte por um modelo mais simples, sem esta característica e de custo menor. Há modelos que só copiam ou digitalizam em preto, portanto, preste atenção a estes aspectos.
  • Para uso das funções de impressão de arquivos e scanner, é necessário que a multifuncional esteja ligada ao computador. Para a função de copiadora, basta que o equipamento esteja ligado a uma fonte de energia elétrica. 
Tipos de impressora
  • IMPRESSORA DE IMPACTO -Baseiam-se no princípio da decalcação. Uma agulha ou roda de caracteres imprensa uma fita de tinta gerando a impressão. São exemplos deste tipo:
  • Impressoras margarida -São os primeiros modelos de impressora lançados, que funcionavam como uma máquina de escrever elétrica. A impressão era feita através de um conjunto de tipos, na forma de um círculo, que eram batidos sobre uma fita gerando a impressão. A impressão era boa, mas estes equipamentos só imprimiam texto e com uma ou poucas opções de fontes, através da troca da margarida. Não era possível imprimir gráficos. A velocidade de impressão era baixa e, por isso, tornaram-se obsoletas com a chegada das impressoras matriciais.
  • Impressoras matriciais - O processo de impressão é feito com um conjunto de agulhas, geralmente 9, que esfregam a fita de impressão contra o papel. Em geral, são monocráticas e atualmente pouco usadas, sendo aplicadas apenas em necessidades de impressão de formulários em duas ou três vias com carbono e notas fiscais, sobretudo por empresas.
  • Por ser pouco procurada no mercado, o preço é elevado em relação aos modelos a jato de tinta e a laser. No entanto, são mais econômicas, pois a fita de impressão custa pouco e tem alta durabilidade. O uso de agulhas permite a impressão de vários tipos de fonte e gráficos, porém, com qualidade reduzida.
  • Há modelos com impressão colorida, feita com uma fita especial com quatro cores. Mas o processo demora mais e as cores não apresentam muita fidelidade, já que os tons se misturam. 
  IMPRESSORAS JATO DE TINTA
 São as mais populares atualmente. A impressão é feita através de um processo em que a tinta é espirrada em gotículas sobre o papel, gerando uma boa qualidade, próxima a de uma impressora a laser.
Os cartuchos de tinta contêm de 3 a 30ml em geral. As impressoras oferecem uma das três tecnologias de impressão abaixo:
  • Buble Jet - Tecnologia criada pela Canon, que aquece a tinta através de uma resistência, produzindo pequenas bolhas de ar, que fazem a tinta espirrar com violência sobre o papel. Nas impressoras HP, esta tecnologia chama-se Ink Jet. 
  • Piezoelétrica - Sistema usado nas impressoras Epson. A cabeça de impressão consiste em uma pequena canalização, com um cristal piezoelétrico próximo da ponta. Ao receber eletricidade, o cristal vibra e faz com que gotículas de tinta sejam expelidas para fora do cartucho. Atua como uma bomba microscópica, borrifando a tinta sobre o papel.
  • Troca de estado- Os modelos de troca de estado usam tinta sólida, que é derretida e espirrada sobre o papel. A tinta é um tipo de cera, geralmente em forma de fitas. A impressão assume um aspecto brilhante, com qualidade semelhante à de uma foto, mesmo se for usado um papel comum. 
IMPRESSORAS A LASER
Imprimem com qualidade superior e são muito rápidas. O sistema de impressão é a laser. A imagem é gerada antes em um cilindro. Um feixe de raios laser produz cargas de eletricidade estática em algumas partes do cilindro. Ao ser passado no reservatório de toner, as partes carregadas do cilindro o atraem, formando um molde perfeito da imagem a ser impressa. O molde é prensado contra o papel, com a ajuda de um mecanismo chamado conjunto fusor, sendo o toner transferido e gerando a página impressa.
Existem modelos monocromáticos e os que imprimem em cores, geralmente usados por empresas e escritórios de design, utilizando quatro cores de toner para obter tons perfeitos.
OUTROS TIPOS 
Além destes, encontramos no mercado outros tipos de impressora para finalidades específicas: 
  • Plotter: são impressoras especializadas em desenho vetorial e muito comuns em estúdios de arquitetura. 
  • Impressora térmica: usadas em aparelhos de fax e máquinas de impressão de cupons fiscais e extratos bancários. O problema é que a impressão com o tempo desbota, apagando-se.
  • Impressora de cera térmica: usadas para transparências em apresentações empresariais, provas de cor (teste para imprimir posteriormente em offset de quatro cores) e para impressão de notas de recibo comercial.
  • Impressora dye-sublimation: muito usadas no mercado de design e publicações. Oferecem alta precisão e qualidade de impressão. 
  • Impressora de tinta sólida: ideais para impressão de embalagens, imprimem uma variedade de tipos de papel. 

Um comentário: