Meus amigos

Páscoa: delicie-se sem perder a forma

Está preocupada com os quilinhos a mais adquiridos na Páscoa? 
Personal Trainer dá dicas para você recuperar a forma!
Um ovo de Páscoa de 370 gramas tem aproximadamente 1800 calorias. 
 Para ficar com a consciência tranquila, separamos atividades físicas para queimar os quilinhos a mais:
CAMINHE - Deixe o carro ou transporte alternativo de lado e vá para o trabalho ou pra casa a pé. Você poderá gastar 400 calorias em 30 minutos e durante cinco dias terá queimado as 1800 calorias do seu ovinho.
TAREFAS DOMÉSTICAS - Limpar a casa também queima calorias. Durante dois dias você vai precisar fazer meia hora de supermercado (100 calorias), passar aspirador na casa por 1 hora (350 calorias), usar bucha vegetal no banho em todo o corpo (80 calorias), cuidar do jardim por 30 minutos (200 calorias), lavar o carro (130 calorias) em 20 minutos e tirar o pó dos móveis (150 calorias) durante 30 minutos.
DANCE - Coloque uma música que você gosta e dance por 30 minutos, gastando 300 calorias por dia. Durante seis dias na semana você terá gasto as calorias do chocolate consumido na Páscoa.
SUBIR ESCADAS - Prefira usar escada a usar elevador. Subir escadas por 5 minutos: 100 calorias. Você vai precisar de 18 dias para queimar as 1800 calorias.
NATAÇÃO - Nadar é um dos exercícios que mais queima calorias. São 14 calorias por minuto. Então você precisa de duas horas de natação para eliminar as gorduras adquiridas na Páscoa.
FAÇA AMOR – Sim! Trinta minutos de sexo queima cerca de 400 calorias. Faça amor durante cinco dias. E coma chocolate à vontade! Neste caso, quanto mais, melhor, não é mesmo?

*Fonte: Beth Oliveira Martins, personal trainer

"Apenas" dois quilinhos?

 Perder pouco peso parece fácil mas não é.
A queixa é frequente: perder poucos quilos é mais difícil do que perder muitos. No caso das mulheres que já venceram a barreira de emagrecer bastante, pois chega um ponto em que o corpo "estaciona" o processo. Isso acontece porque as células reagem à mudança, como se quisessem voltar ao seu estado natural (no caso o peso anterior). Além disso, o corpo pode se acostumar aos tipos de treinos e dietas. Se malhar é preciso e ingerir poucas calorias fundamental, quando se trata de alimentação é bom ficar atenta para outros importantes detalhes: 
DiuréticosOs alimentos diuréticos, importantíssimos na hora de não reter líquido, devem estar sempre presentes na dieta. Talvez os últimos (ou os únicos) dois quilos que você queira eliminar sejam apenas inchaço provocado por retenção de líquido. Não custa apostar nos diuréticos naturais como erva-doce, salsão, coentro, berinjela, alho, limão, noz-moscada, cebola, salsa, hortelã, abacaxi, melancia e maracujá. 
Fibras - Não esqueça das fibras. Alimentos ricos em fibra aumentam a saciedade e diminuem a absorção dos carboidratos e gorduras, ou seja, o organismo absorve menos calorias daquilo que você come. Mas lembre-se: para que as fibras funcionem e deixem você levinha é preciso beber muita água ao longo do dia. Caso contrário, ao invés de perder os quilos indesejáveis, você vai ganhar uma barriga estufada por culpa da prisão de ventre. 
Carboidratos - Carboidratos são necessários em qualquer dieta, mas quando se quer perder poucos quilos, vale a pena restringir um pouco mais sua ingestão, principalmente à noite. 
Barras de cereal - O mito da barra de cereal: quem está de dieta sempre recorre às barrinhas de cereais para controlar a fome, acreditando que o produto é totalmente light, saudável e nada engordativo. Mas a realidade não é essa. Barras de cereais contêm xarope ou glucose de milho, um tipo de carboidrato que dificulta a perda de peso. Ele é absorvido rapidamente pelo organismo, que não tem tempo de queimar as calorias ingeridas, dificultando assim a perda de gordura. Portanto, fique atenta. 
Metabolismo - Consuma alimentos e temperos que aceleram o metabolismo e aumentam a saciedade, como gengibre, chá verde, linhaça e pimenta.

Como usar os aplicativos do Celular

 
As lojas de aplicativos, ou apps como também são conhecidos, são um dos grandes atrativos dos smartphones, pois permitem que o aparelho ganhe sempre novas funcionalidades. Além disso, os apps podem ser facilmente baixados em três passos muito simples, o que não ocorre nos celulares básicos, que requerem conhecimentos mais profundos para instalar novos aplicativos. Os apps são, em essência, programas como os que temos no computador. Com eles é possível fazer de tudo: desde se divertir com o jogo do momento, como por exemplo Angry Birds, até transformar o aparelho em um potente explorador GPS, por meio de um aplicativo como o Ndrive. Ou, ainda, usar o telefone para anotar lembretes e recados, com o Evernote; ou usá-lo como telescópio, com o Google SkyMaps. Cada sistema operacional possui sua própria loja de aplicativos: App Store para iOS, Market para Android, App World para BlackBerry, Ovi Store para Nokia e MarketPlace para Windows Phone.  O caminho costuma ser o mesmo para entrar a qualquer uma delas: basta apertar o ícone correspondente à loja no menu de aplicativos. Ao abrir a loja aparecerá uma lista dos aplicativos mais baixados. Lá veremos seu título, uma breve descrição das suas características, o nome do autor, a nota dada ao app pelos usuários e se é gratuito ou pago (neste caso, veremos o preço). Se quisermos fazer uma busca, temos duas opções. Em primeiro lugar, existem categorias temáticas para navegar por toda a loja – por exemplo, Negócios, Entretenimento, Saúde, Mapas, Música, Jogos, etc. Ao entrar a uma delas veremos os apps mais importantes de cada categoria. A outra forma é digitando palavras-chave, como se estivéssemos buscando no Google. Neste caso, é só digitar o que queremos buscar e aparecerá uma lista de resultados. Uma vez que encontrarmos um app de nosso interesse, basta clicar nele. Assim poderemos ver uma descrição mais ampla do seu funcionamento, as opiniões dos usuários e imagens de telas do programa (também chamadas de screenshots), que dão uma ideia visual do aplicativo. Nesse momento podemos escolher se queremos baixar o app (caso ele seja gratuito) ou se o compraremos (se for pago) com cartão de crédito. Pronto! O celular nos avisará quando o download do aplicativo tiver finalizado, para que possamos começar a utilizar suas funcionalidades.