Meus amigos

Pelotas 200 anos. (parte1)

Vista da área urbana de Pelotas.

Conforme o plano diretor vigente no município, a área urbana de Pelotas está dividida atualmente em 7 regiões administrativas urbanas (bairros) e 9 rurais (distritos).

            Bairros

Centro (Zona Sul)
Fragata (Zona Oeste)
Barragem (Zona Oeste)
Areal (Zona Leste)
São Gonçalo (Zona Sul)
Laranjal (Zona Leste)
Três Vendas (Zona Norte)

    Distritos

    Vista do distrito da Cascata.

    1° distrito- Sede ou Área Urbana
    2° distrito- Colônia Z3
    3° distrito- Cerrito Alegre
    4° distrito- Triunfo
    5° distrito- Cascata
    6° distrito- Santa Silvana
    7° distrito- Quilombo
    8° distrito- Rincão da Cruz
    9° distrito- Monte Bonito

       Relevo

      Centro de Pelotas - a zona urbana do município é predominantemente plana, com poucos e suaves aclives.

      Por estar situada numa planície costeira, a área urbana do município situa-se em baixa altitude, com, em média, 7 metros acima do nível do mar. O interior do município está sobre um planalto com elevações médias, denominado Serras de Sudeste, com cerros de ondulações moderadas e cobertos com pastagem, conhecidos como coxilhas. A altitude na área rural de Pelotas chega a cerca de 429 metros,[11] próximo à fronteira com o município de Canguçu. Grande parte do município tem altitudes inferiores a 100 metros; na zona mais elevada, predominam as altitudes entre 100 e 300 metros; excepcionalmente, no extremo noroeste, as altitudes são superiores a 300 metros, chegando, no máximo, em certos pontos, a pouco mais de 400 metros.
      O município de Pelotas, consequentemente, pode ser dividido em duas grandes paisagens geomorfológicas. Cerca de metade da área municipal (regiões oeste e noroeste do município) faz parte das Serras de Sudeste, com altitudes superiores a 200 metros e cerros de ondulações moderadas (coxilhas). A outra metade do município (regiões leste e sudeste - onde se localiza a área urbana municipal), inclui-se na planície costeira gaúcha, sendo uma paisagem plana e baixa, com altitudes que diminuem em direção ao Canal São Gonçalo e à Lagoa dos Patos.

       Clima

      O clima de Pelotas é subtropical úmido ou temperado, representado por Köppen como Cfa.
      Os verões são tépidos e com precipitações regulares, com as temperaturas máximas absolutas do ano situando-se entre 34°C e 36°C, aproximadamente, enquanto os invernos são relativamente frios, com geadas frequentes (com uma média de 20 por ano) e ocorrência de nevoeiros, com temperaturas mínimas absolutas do ano entre -2°C e 0°C.
      A temperatura média anual da área urbana do município é de 17,5°C, sendo janeiro o mês mais quente, com temperatura média de 23°C, e julho o mês mais frio, com média de 12°C. A amplitude térmica diária (diferença entre as temperaturas mínima e máxima de um dia) geralmente é moderada, entre 8 e 9 graus, sendo que dias com amplitudes térmicas elevadas (de até 20 graus) não são raros de ocorrer, principalmente no outono.
      A precipitação média anual é de 1.379 mm, com chuvas regularmente distribuídas durante todo o ano, sendo fevereiro, com 145 mm de precipitação, o mês mais chuvoso. A umidade relativa do ar é bastante elevada (com média anual de cerca de 80%). Há um dito popular de que Pelotas seria a segunda cidade mais úmida do mundo, perdendo somente para Londres.

      Nenhum comentário:

      Postar um comentário