Meus amigos

Confira o manual para lidar com a ex do seu amor.

A melhor coisa a fazer é ser amiga da ex dele

Seu noivo tem apenas um defeito: segue sendo amigo de sua ex. Você quer se mostrar liberal e compreensiva, mas não pode suportar vê-los tão unidos, falando do passado e mostrando uma conexão tão especial. Se você não pode com ela, una-se a ela.

A primeira norma do manual é não perder a paciência com ela ou poderia ficar para sempre com a fama de ciumenta. Por mais que possa parecer estranho, é possível ser amiga da ex. Mas faça isso com o tempo, com naturalidade e mantendo uma distância prudente entre sua vida e a dela.

Maria, 30 anos, uma colaboradora da Cruz Vermelha que vive na Suíça, conta que "a atual noiva do meu ex é uma das minhas melhores amigas e creio que o sentimento é mutuo". Leire, uma jornalista de 33, concorda com o que Maria disse. "Desde que a conheci, senti uma conexão imediata com Maria, nos entendemos e começamos a nos encontrar por conta própria."

"Eu tinha muitas dúvidas na relação e pude compartilhar, falar e descobrir muitas coisas a respeito dele que somente a Maria poderia saber", fala Leire. "Acho que nos damos tão bem porque somos o exemplo que confirma que eles sempre escolhem o mesmo tipo de mulher", diz Maria.

O caso de Sandra não é tão civilizado. A comissária de 29 anos, amiga da "anterior", nos conta que sofreu muito porque o seu parceiro teve uma recaída com a ex. "O perdoei porque ele me convenceu de que havia sido uma loucura, que tinha passado muito tempo fora, se sentia sozinho e ela havia se aproveitado da situação", conta Sandra.
 Comportamentos aceitáveis
Não querer conhecer a ex e não fazer um trato com ela é um erro. A princípio, não se pode ter uma relação normal com a ex de seu namorado. É preciso que ambos já tenham superado a separação, ou pelo menos ele. Para que vocês não corram riscos e continuem sendo amigos, ele deve:

- Falar com naturalidade com a ex, estando você por perto, assim como receber suas chamadas de telefone sem esconder;
- Falar com ela sobre você, do que sente;
- Ficar com ela o mínimo possível, a menos que você mantenha uma relação de confiança com ambos;
- Dar prioridade ao que você sente ou ao que quer fazer;
- Ter muita calma com sua relação com a ex dele, sobretudo quando ela segue sentindo algo por ele.

Se perceber que ele age dessa forma, sendo claro com ela e respeitando você, não duvide em conhecê-la pouco a pouco. Isso facilitará muito a relação dos três e fará você abolir a imaginação de coisas absurdas a respeito deles.

Comportamentos inaceitáveis
Pese o que seria o ideal para manter uma relação civilizada com a ex. Mas não admita os seguintes tipos de comportamentos do seu parceiro:

- Ficar sozinho com a outra, sem que você a conheça;
- Falar com ela ou mandar mensagens quando você não está por perto;
- Ficar nervoso se ela liga no celular dele quando você está ao lado;
- Fazer planos com ela sem te consultar antes;
- Falar sobre os bons tempos com ela quando você está presente;
- Ser excessivamente carinhoso com ela.

Se algo te diz que a relação do seu noivo com a ex não está totalmente clara, fale com ele e peça esclarecimentos. Se ele julgar ser muito importante manter a amizade com a ex, diga que não se opõem a isso, mas peça para que ele siga os comportamentos destacados anteriormente.
No entanto, ela também pode ter comportamentos inaceitáveis e, neste caso, não é conveniente tê-la como amiga. Veja quais são:

- Opinar sobre a vida privada de vocês;
- Contar intimidades sobre quando estava com ele;
- Deixar claro que sua verdadeira intenção é recuperá-lo.

Você não tem a obrigação de:
- Ser amiga da ex a todo custo ou somente porque é algo civilizado;
- Fazer planos com ela se isso não é cômodo para você;

Mas tem a possibilidade de:
- Manter uma relação cordial e inclusive chegar a ser amiga dela;
- Facilitar para que ele tenha uma relação amistosa com sua ex, principalmente se tiveram filhos juntos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário