Meus amigos

Sair de casa: a decisão mais complicada do Jovem




Adolescência é realmente um tempo tumultuado na vida de qualquer um. Fora as mudanças que rolam no nosso corpo, tem todas as mudanças que acontecem na nossa vida. Muitos entram no ensino médio (o antigo 2° grau), outros enfrentam a faculdade, poucos deles começam o ensino universitário, com todas aquelas disciplinas com nomes malucos... Mas tem uma galera que, no meio de tanta confusão, ainda opta por mais uma grande mudança: sair de casa.

Deixar a casa dos pais é uma decisão das mais importantes e isso ocorre por vários motivos: por vontade própria ou por necessidade. É preciso estar certo sobre o que isso representa e o que está em jogo. E o que está na parada é a sua própria vida, o seu próprio futuro. Dessa forma, muitos jovens decidem sair de casa para estudar em outras cidades e até mesmo em outros países.

Você pode dar um salto qualitativo enorme, descobrindo que, em meios a tantas dificuldades que vão surgir (prepare-se, elas vão surgir sim!), você resultará em alguém mais responsável e independente. É possível notar isso nas histórias dos entrevistados dessa reportagem, no link ao lado.

Mas responsabilidade e independência não são qualidades que surgem no momento em que você coloca o pé pra fora da casa dos pais. Essa e todas outras facetas da sua personalidade são moldadas por você mesmo. Portanto, muita atenção nesta hora! Mesmo que você tenha a ajuda de seus pais (financeira ou de qualquer outro tipo), você terá que levar a sua vida sozinho, fazendo as suas escolhas, tomando as suas decisões e definindo seu grupo de amigos e suas atividades.

Porém, deixar o aconchego do lar, para muitos jovens, é algo que acontece independentemente de vontade ou plano. Alguns adolescentes saem de casa brigados com os pais devido a um mau relacionamento familiar. Esses, sem dúvida, são os casos mais delicados. É por isso que o psicólogo Miguel Ângelo Perosa, professor da faculdade de Psicologia da PUC-SP, deu uns toques para quem enfrenta uma situação como essa.

Vantagens e desvantagens de sair de casa (jovem)
Como qualquer decisão importante, a escolha de deixar a casa dos pais também acarreta uma série de conseqüências: boas ou ruins. Confira algumas vantagens e desvantagens de seguir o próprio caminho.

Vantagens

Ninguém irá controlar o seu horário

Você não receberá mais ordens de arrumar o quarto

Você pode comer o que quiser, na hora que tiver vontade

Poderá fazer o que quiser em casa - receber namorados (s) para dormir, andar nu pela casa, dançar no meio da sala...

Não precisa mais viver de mesada e pode fazer o que quiser com o seu dinheiro

Você aprende a se virar sozinho e fica mais maduro

A qualquer hora e lugar pode sair com os amigos para se divertir, sem ter que dar satisfação para ninguém

Você dá mais valor às pequenas coisas que conquista com seu próprio dinheiro e esforço.

Desvantagens

Você terá que se organizar para acordar sozinho, estudar e fazer outras obrigações

Você terá que arrumar a sua bagunça, lavar e passar a roupa e encarar outras tarefas "do lar"

Terá que aprender a cozinhar ou vai viver de sanduíche e gastar uma grana extra

Pode ter que encarar momentos de solidão

Terá que trabalhar duro e conciliar esta atividade com os estudos. Um inesperado desemprego pode minar seus planos

Você tem que aprender a controlar os gastos. Pode ter que desistir daquela roupa superbacana ou de uma balada para ter dinheiro para o aluguel

Pode rolar uma saudade dos colo da mamãe ou dos conselhos dos pais

Pode ficar sem tempo para fazer várias baladas por conta do tempo tomado com idas ao banco, ao supermercado, faxina da casa...

Você pode ter que dar adeus - ao menos por um tempo - a luxos que tinha na casa dos pais, como TV a cabo, faxineira, carro, geladeira cheia de guloseimas etc.

Coloque tudo no papel, veja quanto pesa cada coisa e tome a sua decisão. Mas esteja certo de que fez a melhor escolha para você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário