Meus amigos

Problemas que atingem a SAÚDE DA MULHER 2

MULHER É MAIS VULNERÁVEL A DSTs

A mulher é mais vulnerável a Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) do que o homem, de acordo com o presidente da Sociedade Cearense de Ginecologia e Obstetrícia, Fernando Aguiar. ''A anatomia feminina é um receptáculo, a vagina é mais úmida que o pênis. A uretra feminina também é mais curta, o que facilita a entrada de germes, além de ser próxima a duas cavidades, o ânus e a vagina'', explica ele. O ginecologista Frederico Perboyre acrescenta que a higiene do pênis também se torna mais fácil por ser um órgão exteriorizado.
O ginecologista Sérgio dos Passos Ramos considera que a mulher transmite mais que o homem as DSTs por não fazer facilmente o diagnóstico. ''No homem, a maioria dos problemas se manifestam claramente e ele logo identifica. Na mulher, podem ficar mais escondidas''.
As DSTs são transmitidas através do contato sexual, que não se resume a penetração do pênis na vagina. De acordo com o ginecologista Sérgio dos Passos Ramos, essas doenças podem ser transmitidas em todo o contato do pênis com a vagina, com a vulva (parte externa da vagina), com o ânus ou com a boca. Portanto, não é necessário ejaculação para contaminação por vírus e bactérias. Qualquer contato sexual pode transmitir doenças como Aids e HPV. Daí a importância do preservativo em toda relação sexual.

O Câncer do colo do útero pode ser evitado.
O que é o exame preventivo do câncer do colo do útero?
É um dos momentos do exame ginecológico em que é feita a coleta do material do colo do útero (células) que é colocado numa lâmina de vidro que será examinado posteriormente ao microscópico.

Quais as mulheres que devem se submeter ao exame?
Toda mulher com vida sexual ativa, principalmente aquelas com idade de 25 a 60 anos.

O exame é doloroso e demorado?
Não. O exame é rápido e não dói.

Quais os cuidados para realização do exame preventivo?
Não manter relações sexuais no dia anterior ao exame. Não usar duchas ou medicamentos vaginais nos três dias anteriores ao exame. Não estar menstruada (em época de regras).

Que serviço deve ser procurado?
Como o exame é simples, você pode procurar o ambulatório ou unidade de saúde mais próxima de sua casa.

Após o exame, o que fazer?
Você deve retornar a uma nova consulta para saber o resultado e receber instruções. Lembre-se: tão importante quanto submeter-se ao exame é buscar o resultado.

De quanto em quanto tempo deve ser feito o exame preventivo?
Ao receber o resultado, você será informada de quando deverá repetir o exame. Em geral, se não houver alteração deverá ser realizado após dois exames negativos, em dois anos consecutivos, poderá ser feito também a cada três anos. 

ANTICONCEPCIONAL - ESCOLHA O SEU,

E DEPOIS CONSULTE UM MÉDICO.

Camisinha
Impede que o espermatozóide entre em contato com o corpo da mulher. Protege também contra a Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis.

Pílula
Hormônios artificiais em forma de comprimidos, injeção ou adesivo que impedem a ovulação, com pouca chance de falhar.

Diafragma
Capa de borracha colocada na vagina antes da relação que impede a entrada de espermatozóides no útero.

Diu
Pequeno "T"de plástico e cobre instalado pelo ginecologista no útero para evitar o contato dos espermatozóides com o óvulo.

Laqueadura
Método praticamente irreversível que bloqueia as trompas de falópio (ou tubas uterinas), por onde passa o óvulo, através de cirurgia.

Vasectomia (Deferenctomia)
Cirurgia feita no homem que elimina a presença de espermatozóides no sêmen.

Lembre-se: Antes de iniciar qualquer método anticoncepcional, consulte seu ginecologista, para que ele faça uma avaliação do método mais indicado para você. 

PERÍODO FÉRTIL

Dá para saber quando você está ovulando:
- Temperatura do corpo aumenta.
- Ocorre eliminação de uma espécie de muco vaginal.
- O desejo sexual aumenta.
O período fértil corresponde aos dias em que a mulher tem uma chance maior de engravidar e vai depender da duração do ciclo menstrual dela. A ovulação (liberação do óvulo pelo ovário) marca o meio do ciclo menstrual e geralmente ocorre em torno de 14 dias antes do primeiro dia (início) da próxima menstruação. A ovulação representa o período de maior fertilidade da mulher. Calculando o dia provável da ovulação, ainda temos que levar em conta uma "margem de segurança" de 5 dias antes e 5 dias depois, onde existe risco grande de gravidez. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário