Meus amigos

O Ginecologista e adolescentes



A Universidade Americana de Ginecologistas e Obstetras recomenda que a primeira visita ao ginecologista deve ser feita entre 13 a 15 anos. Os ginecologistas são como quaisquer outros médicos. Ele ou ela vai começar batendo um papo com você para saber do seu histórico de saúde.

E por que é que você deve ir a um ginecologista?
Porque você está entrando numa nova fase da sua vida. Já está virando mulher e precisa cuidar da suas partes íntimas.
Um ginecologista pode detectar dores, secreções vaginais em demasia, corrimento e odores vaginais anormais, sangue na urina, mudanças anormais nos seios, todas essas coisas que precisam estar bem cuidadas para você ter uma vida saudável.

Fique atenta para menstruações de fluxo muito intenso.
Durante os primeiros anos de menstruação você pode ter fluxos irregulares. Isso não é incomum. Agora, o que não normal é ter sangramentos muito intensos. Se você encharca um absorvente (interno ou externo) e necessita trocá-lo a cada hora ou se você estiver menstruada há mais de uma semana, você pode estar com deficiência de ferro ou anemia e vai precisar tomar multi-vitamínicos e fazer uma alimentação saudável e balanceada.
É recomendável procurar o seu médico. Ele vai lhe dar as instruções necessárias.

DST. Cuidado pra não deixar estas três letrinhas tomarem conta do seu corpo.DST quer dizer Doença Sexualmente Transmissível.Por isso se você já é sexualmente ativa não deixe de fazer os exames de rotina que o seu ginecologista vai pedir.As mulheres são mais vulneráveis que os homens para contrair DSTs.E elas podem produzir sintomas mínimos ou imperceptíveis,especialmente a Clamídia, gonorréia e HPV. Se você é já sexualmente ativa o melhor a fazer é exigir do seu parceiro o uso preservativos todas as vezes que vocês forem ter relações.Além de serem um excelente anticoncepcional as camisinhas oferecem maior proteção contra as DST principalmente contra a terrível Aids.Não se pode dar bobeira pro azar,nada de ficar com vergonha de usar.

Não Ignore suas coceiras, examine-as

Coceiras leves e moderadas podem ser um sinal de infecção ou simplesmente parte de altas ou baixas hormonais, que são muito comuns. Coceiras também podem ser provocadas por:
Reações a sabonetes perfumados, detergentes, desodorantes agressivos ou absorventes internos.
Uso de jeans apertados, calcinhas de material sintético, ou uso prolongado de biquínis e maiôs molhados.
Excesso de transpiração ou corrimento.
Infecção parasitária (como a tricomoníase), Vaginose Bacteriana (causada por bactérias); ou uma infecção de fungos.
Ficar aí coçando não vai adiantar nada, só piorar. O melhor é consultar o seu ginecologista periodicamente. Se você costuma ter coceiras ou estiver com alguma coceira, converse com ele sobre isso para descobrir qual é o tipo de coceira que você tem, como evitá-la e como combatê-la.

Não se apresse para tratar de sua primeira infecção Viral
A maioria das infecções são causadas por um fungo chamado Candida Albicans. Normalmente encontrado na vagina ou no trato Gastrointestinal (GI). Ele pode se multiplicar devido ao consumo de antibióticos, pílulas anticoncepcionais e até mesmo por comer doces demais. Os sintomas são coceira e ardor, irritação e corrimento espesso, com grumos, parecendo coágulos. Se você nunca teve uma infecção com fungos, você deve obter um diagnóstico próprio de seu médico ou ginecologista. Somente preparações anti-fúngicas combatem infecções de fungos, mas de qualquer maneira, enquanto os antifúngicos trabalham para te livrar da infecção, você pode continuar a sofrer com a coceira. Consulte seu médico sobre a possibilidade dele te receitar um medicamento para alívio da coceira, enquanto a infecção está sendo tratada.

Mantenha a sua área genital sempre limpa e com controle da umidade.
É normal que as mulheres tenham um pouco de corrimento, porque ele é um mecanismo natural do seu organismo se limpar. Agora é bom que você tenha faça sempre a limpeza vaginal para manter a região sempre limpinha. É importante também controlar a umidade nesta região porque, em excesso, ela pode causar coceiras e odores. Um suave odor vaginal é até uma das armas de sedução das mulheres, mas odores fortes e excesso de umidade podem ser um sinal de infecção e devem ser verificados por um médico. Os Lenços umedecidos Vagisil ajudam a remover os resíduos Vaginais mantendo a região livre de odores e umidade. Você pode utilizá-los em qualquer lugar a qualquer hora e sem precisar enxaguar. É só abrir o sachet e passar o lenço delicadamente na região genital, removendo o suor e a umidade que podem estar acumulados e depois jogar o lenço fora. Os lenços umedecidos Vagisil possuem uma fórmula suave e segura, que pode ser usada mais de uma vez por dia, todos os dias.
Se o excesso de umidade for um problema para você, visite nossa página sobre os produtos, lá você poderá conhecer melhor as nossas opções e descobrir o produto ideal para você.

Não use roupas que podem prejudicar a sua saúde vaginal

Jeans apertados, leggins e lingeries de Couro ou calcinhas apertadinhas podem deixar você mais sexy, mas também deixam você mais vulnerável à coceiras e irritações vaginais. Procure usar calcinhas de algodão. Meias calças, roupas de Nylon ou outras de material sintético não deixam a pele respirar. Para ter uma proteção extra utilize o Desodorante Íntimo Vagisil, que previne a proliferação de bactérias, evitando contaminações devido ao excesso de bactérias contidas na umidade Vaginal. Você vai se sente fresquinha, confortável e protegida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário