Meus amigos

Mitos e Verdades.


Homens também sofrem com baixas hormonais (VERDADE)
O que ocorre com os homens é que, a partir dos 40 anos, eles apresentam uma queda de 1% ao ano dos níveis de testoterona. Mas nada a ver com a andropausa, a tal menopausa masculina. ‘‘Isso é uma bobagem. A andropausa significa o fim de hormônios sexuais masculinos, o que de fato nunca acontece. Há apenas uma baixa na sua produção, mas sem provocar transformações no organismo’’, afirma o urologista Aderivaldo Cabral Dias Filho. Segundo ele, a baixa hormonal também acomete os jovens, causada por problemas como tumores na hipófise ou até mesmo estresse.

Mau-humor e ansiedade são doenças. (VERDADE)
A pessoa que sofre anos seguidos de um mau-humor crônico (espécie de depressão profunda e crônica) sofre de uma doença chamada pelos psiquiatras de distimia. É uma doença que não chega a incapacitar a pessoa, mas faz dela um indivíduo isolado, irritado e brigão. A ansiedade, por sua vez, também é uma doença chamada de Transtorno de Ansiedade Generalizado. Mas, em muitos casos, é sintoma de um problema mais complexo — como o Transtorno Obsessivo Compulsivo, depressão ou Síndrome do Pânico. Quando é doença, a pessoa vive num estado de tensão, apreensão, angústia e insatisfação pessoal durante um longo período. ‘‘O importante é que essas duas doenças têm tratamento e são curáveis’’, fala o presidente da Associação de Psiquiatria de Brasília, Antônio Geraldo.

Comer muita fibra faz bem à digestão. (MITO)
O gastroenterologista Flávio Ejima explica que o consumo de alimentos ricos em fibras tem uma função importante no aparelho digestivo, controlando os movimentos peristálticos do intestino e facilitando a digestão. Mas como todos os excessos, também apresenta riscos. Se você come muita fibra e não toma bastante líquido, a digestão fica mais vagarosa. Fibras, em geral, fazem muito bem. Mas nunca deixe a água de lado. 

Adoçante, panela de alumínio e desodorante provocam câncer. (MITO)
Essa é uma crendice do século 21, alimentada pelos e-mails divulgados pela Internet, alguns deles anônimos. O oncologista Eduardo Johnson afirma que nenhum estudo científico comprovou até agora que esses três produtos provocam tumores malignos. ‘‘São apenas boatos’’, diz Johnson. Ele cita como exemplo o caso da sacarina, durante 20 anos apontada como uma substância cancerígena. Pesquisadores americanos concluíram que os tumores em ratos, provocados pela sacarina, crescem devido a mecanismos que não são relevantes para as condições humanas. Por isso, a sacarina foi retirada da lista de substâncias cancerígenas que é publicada todos os anos pelo Instituto Nacional do Ambiente e Ciências da Saúde dos Estados Unidos.

A causa da obesidade é sempre hormonal. (MITO)
A crença de que os obesos apresentam um excesso de tecido gorduroso por causa de desequilíbrios hormonais é falsa. As causas orgânicas endócrinas ocupam, no máximo, cinco por cento do quadro da doença. Os outros 95% se devem a causas externas, como alimentação rica em gorduras e carboidratos e a falta de exercícios físicos. Mas a endocrinologista Rosemary Marlière Létti adverte que o excesso de peso leva ao desequilíbrio do nosso corpo, provocando doenças como diabetes e problemas cardíacos. Pesquisa do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas de São Paulo (Incor), em Itapetininga, cidade do interior paulista, constatou que 20% das crianças obesas apresentam altas taxas de LDL, o mau colesterol, e teriam maior predisposição a infartos e derrames na vida adulta

Não se deve tomar banho depois de uma refeição pesada. (MITO)
Depende do tamanho da refeição. Após uma comidinha leve não tem problema. Mas em alguns casos é bom seguir os conselhos da vovó. Depois de uma feijoada, com certeza, o banho vai dificultar a digestão. Isso porque, depois da refeição, o metabolismo fica todo voltado para o processamento do alimento e qualquer tipo de atividade física que consuma mais energia vai desviar parte do fluxo sangüíneo para a musculatura e atrapalhar a digestão. Agora, durante um churrasquinho à beira da piscina, não faz mal nenhum dar um mergulho.

Alimento diet é a mesma coisa que alimento light. (MITO)
A endocrinologista Rosemary Marlière Létti explica que esses dois tipos de alimentos são totalmente diferentes. Os alimentos diet são aqueles que têm total ausência de algum ingrediente, como açúcar e gordura, por exemplo. São indicados para pessoas que são diabéticas ou apresentam altas taxas de colesterol e triglicerídeos no sangue. Os light têm apenas uma redução dos mesmos ingredientes, por volta de 25%. São indicados para quem deseja emagrecer. Ela dá um conselho: compare as informações dos rótulos para saber se determinado produto é realmente o que diz ser.

Comer manga com leite causa indigestão e faz mal à saúde. (MITO)
Manga com leite não causa indigestão nem faz mal à saúde. Essa crença se perpetuou na história, a partir da escravidão. Os senhores de engenho inventaram o mito para impedir que seus escravos não consumissem as mangas da propriedade nem tomassem o seu leite. ‘‘São crendices que vêm de Portugal’’, explica o doutor em História pela Universidade de São Paulo (USP), Hernani Maia Costa. Daqueles tempos para cá, esse mito caiu no consenso popular e virou uma crença que permanece até os dias atuais. Portanto, sinta-se à vontade para tomar um suco de manga batido com leite. Não faz mal algum.

Lavar a cabeça todos os dias apodrece a raiz dos cabelos e causa queda. (MITO)
A lavagem diária não interfere nos bulbos capilares. Os fios que caem durante a lavagem cairiam de qualquer forma, em outro momento, pois já estavam em fase de queda. Na verdade, se os cabelos forem muito oleosos ou se houver dermatite seborréica (caspa) é recomendado lavar os cabelos todos os dias. Mas segundo o dermatologista Francisco Leite, é importante tomar alguns cuidados: 1) a temperatura da água deve ser adeqüada (morna-fria); 2) os xampus devem ser de boa qualidade, adequados ao tipo de cabelo; 3) os cabelos não devem ser lavados durante a noite nem se deve dormir de cabelos molhados; e 4) a higiene deve ser sempre bem feita.

Pessoas de pele negra não desenvolvem câncer de pele. (MITO)
Apesar das pessoas de pele escura terem maior proteção contra a radiação ultravioleta, elas também podem sofrer de câncer de pele. ‘‘Todos os tipos de câncer de pele podem afetar também os negros’’, diz o dermatologista Francisco Leite. Os negros têm a pele mais protegida, mas não são imunes dos cânceres de pele, que acontecem pelo excesso de exposição solar. Mas se apresentarem queimaduras solares e excesso de exposição ao sol, as pessoas de pele negra também podem desenvolver essas doenças. O melanoma maligno é ainda mais independente da cor de pele e pode ser até mais grave nos negros, uma vez que eles podem demorar mais tempo para notar a presença de uma pinta escura atípica. Isso retarda a detecção e o tratamento do tumor, e pode agravar o prognóstico.

Pintas e sinais podem virar câncer. (VERDADE)
O câncer de pele que se origina de sinais escuros ou pode se assemelhar a pintas e sinais é conhecido por Melanoma Maligno. Se não detectado e tratado, é um dos mais mortais tipos de câncer. ‘‘Se detectado e tratado precocemente, pode ser curado em grande parte dos casos’’, afirma o dermatologista Francisco Leite. Segundo ele, o paciente deve desconfiar das pintas e sinais que tiverem as seguintes características: 1) formas irregulares; 2) bordas mal-delimitadas; 3) coloração em tons variados de preto ou marrom escuro; 4) diâmetro maior ou igual a 6 milímetros; e 5) evolução suspeita com coceira, dor ou sangramento.

Alicate de unha e equipamentos perfurantes podem causar Hepatite C. (VERDADE)
O hepatologista José Eduardo Trevizoli, que cuida de portadores de Hepatite C no Hospital de Base do DF, esclarece que grande parte da população infectada com a doença há mais de 10 anos contraiu o vírus numa transfusão de sangue ou recebendo um produto derivado de sangue, ou compartilhando agulhas com usuários de droga intravenosos que eram infectados com hepatite C. Porém, de 15% a 20% dos casos de infectados são de causas desconhecidas. É possível que esse grupo tenha se contaminado ao compartilhar equipamentos perfurantes, como alicates de unha, aparelhos de barbear, pinças, entre outros. Segundo Trevizoli, a contaminação ocorre pelo contato com o sangue: se uma pessoa infectada usa esse tipo de equipamento e se fere, o vírus fica em contato com a superfície do aparelho. Uma pessoa não contaminada usa o mesmo equipamento, também se fere e se contamina com o vírus.

Homens não sofrem de câncer de mama. (MITO)
É raro, mas os homens também podem sofrer de câncer de mama. O mastologista Sérgio Zerbini, do Hospital de Base do DF, diz que apenas 1% dos casos de tumores nas mamas afetam os homens. ‘‘Em cada grupo de 100 pessoas com esse tipo de tumor, 99 são mulheres e um é homem’’. Segundo ele, essa doença afeta principalmente os que usam hormônios para crescer as mamas ou testosterona para ganhar massa muscular. O câncer de mama é mais comum nos homens acima dos 60 anos. Assim como a mulher, o homem deve examinar as mamas periodicamente. Se notar algum sinal ou nódulo, deve procurar um médico.

Água de coco é um santo remédio. (MITO)
Apesar de ser indicada para pessoas desidratadas, ela também apresenta contra-indicações. Deve ser usada com moderação por hipertensos porque tem muito sódio. Diabéticos também precisam ficar atentos devido à quantidade de carboidratos. Segundo a endocrinologista Rosemary Marlière Létti, 250 mililitros (copa grande) de água de coco apresenta 10 gramas de carboidratos e 60 miligramas de sódio.

O espinafre é uma das melhores fontes de ferro para o organismo humano. (MITO)
Especialistas em nutrição afirmam: Popeye estava redondamente enganado. Espinafre não é rico em ferro. Apesar de cada 100g dessa verdura conter 3,8mg do nutriente, o ferro do espinafre é considerado um ferro-não-disponível para a absorção do organismo humano. Isso acontece porque o espinafre contém uma substância conhecida por ácido fítico — que impede o corpo de aproveitar o ferro ingerido. Portanto, se quiser aumentar a ingestão diária de ferro nas refeições, dê preferência ao consumo de outras folhas verdes, como alface, agrião e couve, feijão ou de carnes em geral. ‘‘O agrião, por exemplo, é muito rico em ferro. Cada 100g desse alimento possui 2,60mg do mineral’’, afirma a nutricionista da Gerência de Nutrição da SS/DF, Maria José Tancredi. O consumo de vitamina C nas refeições em que fontes de ferro são ingeridas facilita a absorção do mineral pelo organismo humano.

Alimentos integrais, como arroz e pão, têm menos calorias que os normais. (MITO)
Esse é um dos principais pecados das pessoas que querem emagrecer e apelam para os alimentos de grãos integrais. Rosemary Marlière Létti, especialista em obesidade, explica que eles são mais saudáveis por serem ricos em fibras, mas quem está de dieta deve consumir esses alimentos com moderação. Exemplo: uma fatia de pão de forma comum possui 74 calorias, e o integral, 100 calorias.

Um copo de bebida alcoólica ajuda a combater a ressaca. (MITO)
Esse é o pior remédio para combater os efeitos da bebedeira da noite anterior. Como o álcool retira água das células, beber um copo de bebida alcoólica só vai agravar o mal-estar. O gastroenterologista Flávio Ejima ensina que a ressaca deve ser combatida com o consumo de líquidos (água e sucos) em grande quantidade e alimentos leves. Os líquidos são importantes para eliminar a desidratação. Comer também alivia a ressaca. A comida é fundamental para repor os sais perdidos durante a embriaguez, principalmente depois dos freqüentes enjôos e vômitos do dia após o porre.

O estresse é sempre ruim. (MITO)
O estresse atua como fator de crescimento pessoal e de proteção. O ser humano tem necessidade de angústia para chegar ao crescimento. Quem não sofre qualquer pressão para crescer na vida, provavelmente irá produzir menos.‘‘O estresse pode ser motivacional’’, atesta o presidente da Associação de Psiquiatria de Brasília, Antônio Geraldo. Um nível baixo de estresse é necessário também para que a pessoa saiba se safar em situações de perigo e risco. Especialistas explicam que o estresse é ruim quando ultrapassa o nível de bem-estar humano. A pessoa passa a se sentir cansada, irritada, impaciente e pode passar a apresentar sintomas físicos como gastrite, constipação intestinal ou dores variadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário