Meus amigos

Como lidar com um alcoólatra na família

O alcoolismo é uma doença crônica, caracterizada pelo consumo compulsivo de que afeta não só o comportamento do usuário, como torna co-dependente todos que estão ao seu redor.


A Co-Dependência nada mais é do que viver ou manter contato muito próximo com uma pessoa que sofre com dependência de álcool, sendo diretamente influenciado pelas atitudes do usuário.

Para que o tratamento contra o alcoolismo tenha sucesso é fundamental a participação dos familiares e amigos próximos.

Há várias atitudes que podem auxiliar no processo de recuperação ou encorajar comportamentos positivos.

Veja 10 dicas apontadas pelo médico psiquiatra Marcelo Niel, do Programa de Orientação e Atendimento a Dependentes da Unifesp:

Mesmo que a pessoa não aceite o tratamento inicialmente, procure uma associação ou grupo para família e amigos dos alcoólatras. Nesses lugares você vai receber orientações e aprender sobre a doença;

Não tente encobrir as atitudes do usuário, protegendo-o das conseqüências de seu vício. Ao assumir as responsabilidades você pode estimular indiretamente o hábito de beber;

Não faça chantagem com as emoções do alcoólatra, numa tentativa de fazer que ele pare de beber, pois a pessoa que bebe já está debilitada emocionalmente;

Encoraje firmemente os hobbies e as atividades que interessem àquele que bebe, contanto que o mantenha afastado do álcool;

Tente evitar tudo aquilo que de alguma forma esteja ligado a bebidas, como qualquer tipo de atividade que aconteça em um bar e não mantenha bebidas alcoólicas dentro de casa;

É importante valorizar cada avanço que a pessoa tem, respeitando seu ritmo de recuperação sem cobrar muito;

Desvalorizar o esforço do doente quando ele tem uma recaída só provoca raiva e desânimo. Lembre-se de que o processo de recuperação é lento;

Não tolerar o uso, nem permitir que a pessoa beba em casa para evitar vexames nas ruas;

Não veja isso como uma vergonha, pois o alcoolismo é uma doença;
Não perca a esperança. Muitos alcoólatras que aceitam ajuda qualificada conseguem se recuperar. O importante é não ficar de braços cruzados!


PARA Parar de beber e/ou ajudar a quem você ama: INFORMAÇÕES COMPLETAS E DETALHADAS SOBRE A DOENÇA DO ALCOOLISMO, acesse www.alcoolicosanonimos.org.br
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário