Meus amigos

Carro NOVO...

6 PASSOS PARA COMPRAR SEU CARRO NOVO

Passo 1: Que tipo de carro você precisa?

Verifique primeiro suas necessidades em vez de levar em conta apenas os seus desejos, só assim você descobrirá qual é o carro certo para você.
Pare para pensar no uso do seu carro. Quantas pessoas você precisa transportar? Em que tipo de estrada e ruas você transita? Quanto tempo você viaja de carro? Nunca sai da cidade? Você quer um câmbio manual ou automático? Você realmente precisa um carro de duas ou de quatro portas? Você requer de muita capacidade de carga? O carro cabe facilmente na sua garagem?

Passo 2: De quanto você dispõe?

Se você decidiu comprar seu próximo carro, parabéns! Se você vai financiá-lo (há várias opções no mercado, portanto avalie com cuidado) comece estabelecendo um pagamento mensal compatível com a realidade do seu orçamento. Uma regra geral bem aceita é que os pagamentos mensais totais do carro não deveriam exceder 20 a 30 por cento de seu salário líquido mensal.

Passo 3: Você considerou todas as opções de veículos?

O mercado de carros está cheio de novidades. A maioria dos compradores têm dificuldade em acompanhar o ritmo de novidades que os fabricantes de veículos introduzem no seus novos modelos, por isso é importante fazer a sua pesquisa. Se você não tem nenhuma idéia onde começar sugerimos consultar a melhor seção de carros do seu jornal, procurando por tipo, modelo, faixa de preços. Também procure em revistas especializadas como Quatro Rodas, Auto Show, etc. ou sites de Internet como www.webmotors.com.br, www.carronline.com.br, ou dos próprios fabricantes para pesquisar todas as opções antes de visitar as concessionárias. 

Passo 4: Você considerou todos os custos de um veículo?

Um carro poderia ser mais barato que outro no momento da compra, mas no final mais caro de possuir. Por quê? Mesmo que dois carros tenham o mesmo preço de compra, você deve considerar os custos a longo prazo, como depreciação, seguro, manutenção e custos de peças de reposição e consumo de combustível. Considere também o preço de revenda e a desvalorização do modelo que escolheu. Pode ser um carro muito bom para você, mas na hora de revender pode virar uma tremenda dor de cabeça! Isso vale para cores não tradicionais, acessórios estéticos não convencionais, carros importados (cujas peças costumam ser mais caras, etc.).
Completando esses passos, agora você deveria já ter uma boa idéia sobre qual e o carro certo para você. Está na hora de reduzir opções.

Passo 5: Programe um test drive.

É uma boa idéia estabelecer um contato inicial com uma concessionária através do telefone ou e-mail antes de ir lá pessoalmente. Isto pode lhe dar alguma noção da atmosfera empresarial da concessionária onde você estará negociando seu novo carro.
O objetivo do test drive é experimentar - o mais perto possível - para verificar as condições do carro que será usado por você. É uma boa idéia fazer todos os testes no mesmo dia. Faça anotações de cada carro testado. Enquanto você estiver avaliando o carro não ligue o rádio. Se você viajar diariamente, dirija o carro a velocidades de auto-estrada. Se você dirige freqüentemente nas montanhas, tente achar algumas subidas mais radicais. Procure passar por lombadas para avaliar a suspensão, teste os freios em um local seguro. Entre várias vezes no carro e sente-se no banco de trás, especialmente se você planeja levar passageiros. Em resumo, pergunte-se se gostará de ficar com este carro por muitos anos. Uma decisão de compra de veículo é muito importante (e caro) para tomar sem total segurança. E então, considere uma última coisa: sua intuição.

Passo 6: Compra do seu carro.

Neste momento você já considerou todos os modelos de carros. Você sabe de quanto pode dispor. Você sabe se você quer comprar a vista, arrendar ou financiar seu próximo carro. Você dirigiu e testou todas as suas escolhas. Procure uma concessionária idônea e faça sua compra sempre prestando MUITA atenção nos papéis que vai assinar. E lembre-se: dirija com cuidado!. Boa sorte !!!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário