Meus amigos

Azia



Azia, também conhecida como refluxo gastroesofágico, ou simplesmente refluxo, é a sensação de queimação causada pelo retorno do suco gástrico para o esôfago. Quando comemos, os alimentos percorrem o esôfago e, antes de chegar ao estômago, atravessam o esfíncter esofágico inferior que deve manter-se fechado após a passagem do bolo alimentar para impedir que os ácidos digestivos refluam pelo esôfago acima. Às vezes, porém, os músculos desse esfíncter perdem a elasticidade e permanecem abertos, permitindo o refluxo que causa dor e a queimação típica da azia.
Geralmente, a acidez estomacal ocorre após as refeições. O estômago cheio pressiona o suco gástrico que flui para o esôfago, porque o funcionamento do esfíncter está alterado.
A hérnia de hiato, causa mais freqüente do mau funcionamento do esfíncter esofágico inferior, é responsável por muitos casos de azia.

Recomendações

Faça refeições mais leves. Sente-se e coma sem pressa, mastigando bem os alimentos;

Não pratique exercícios físicos, nem se abaixe ou se curve após as refeições;

Evite beber durante as refeições. Bolo alimentar mais consistente tem menor probabilidade de causar refluxo;

Não use cintos ou roupas apertadas na região do abdome;

Tente perder peso. A obesidade pode aumentar a incidência de azia;

Evite chás, café, bebidas alcoólicas, chocolate e comidas gordurosas. Procure analisar os alimentos ingeridos antes das crises para identificar os possíveis causadores dos sintomas;

Não fume;

Aumente a salivação com gomas de mascar ou balas duras. A saliva pode aliviar a dor;

Evite refeições perto do horário de deitar-se. Durma com travesseiros mais altos ou eleve a cabeceira da cama com um calço;

Antiácidos podem aliviar os sintomas, mas seu uso excessivo deve ser sempre evitado, especialmente por portadores de glaucoma, diabetes, doenças cardíacas porque o sal neles contido pode elevar a pressão arterial.

Advertência
A dor provocada pela azia pode confundir-se com a dor da angina. No entanto, difere-se desta por não estar relacionada a esforços físicos e normalmente piorar quando a pessoa se deita.
Se os sintomas vierem acompanhados de náusea, tontura ou falta de ar, ou ainda a dor no peito irradiar-se para o braço ou mandíbula, procure assistência médica imediatamente, pois esses sintomas podem indicar um ataque cardíaco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário