Meus amigos

Agility...

A principal meta do agility é a de tornar os cães sociáveis, para que convivam com outros cães e pessoas estranhas e se mantenham serenos.

Um esporte que respeita o cão!

Uma rápida introdução: quem não gostaria de ter um cão obediente, educado, sempre alerta e ainda por cima, um atleta?

A principal meta do agility, é a de tornar os cães sociáveis, para que convivam com outros cães e pessoas estranhas e se mantenham serenos.

Dificilmente cães que são treinados para ataque, serão cães de Agility.

A intenção deste esporte não é a de transformar o cão em um animal sem personalidade. Na verdade o Agility busca cães equilibrados, sem manias, vícios e traumas.

Ensinar um cachorro exige dedicação, paciência e muito carinho. Por isso para uma formação em agility, quem adestra e prepara o cão é o seu próprio dono.

Um cachorro vira-lata também poderá ser adestrado, o problema é que em um Campeonato Mundial o mesmo não poderá participar pois a Comissão Organizadora exige o Pedigree do animal.

O que é Agility?
É um esporte reconhecido mundialmente e consiste em fazer com que um cão devidamente adestrado, conduzido por seu dono, devidamente preparado, ultrapasse um percurso com vários níveis de obstáculo.

Para isso, o dono do cão só pode utilizar voz e gestos. Ele nunca poderá tocar no animal ou em qualquer um dos obstáculos.

O nome significa "agilidade" mas mesmo assim o tempo não é o primordial. Certamente existe um tempo pré determinado para que o cão percorra todo o caminho. Caso ele ultrapasse esse tempo, haverá um desconto de pontuação. O tempo também poderá servir como fator de desempate, caso haja necessidade.
O mais importante nessa prova é que o cão cometa o menor número de faltas e refugos possível.

O que é refugo: é quando um cão se desvia da sequência do caminho, ou seja, passa direto por um obstáculo, tendo que ser conduzido de volta por seu dono, até cumprir o percurso completo.

Falta: é quando o cão derruba uma barra ou quando ele ultrapassa o tempo pré determinado, entre outras coisas.
Cada falta e refugo descontarão 5 pontos de animal. Vence então o que tiver menor número de pontos descontados. O dono do cão deve conhecer o regulamento do agility para saber o que desclassifica o animal. Por exemplo: quando o dono usa de brutalidade para com o animal, quando o cão comete mais de 3 refugos, entre outros.
A classificação num campeonato compreende em 1º , 2º e 3º lugar. Em alguns países existe ainda premiação para 4º e 5º e "Honra ao Mérito". Essa premiação pode variar de campeonato para campeonato. Dependerá da programação da comissão organizadora.
A premiação compreende em medalhas e troféus mas, nesta caso também, poderá haver interferência da comissão organizadora. Existem comentários de campeonatos que premiam os classificados com carros, casas, dinheiro, etc. Mas comprovadamente só existem mesmo as medalhas e ou troféus, variando entre ouro, prata e bronze.
Existe somente uma técnica de adestramento para este esporte! Como existe um regulamento internacional, as provas legais devem cumprir esse regulamento. Os campeonatos que estiverem fora dos padrões exigidos pelos órgãos responsáveis, poderão ser considerados como um desrespeito ao ser vivo cão, o que implicará em consequências desagradáveis.
Os obstáculos no agility não obedecem uma ordem fixa.
A colocação dos mesmos é determinada pelo juiz devendo ser mexida de prova para prova. Isso, para evitar que o cão se automatize, ou seja, ele se acostuma com o percurso e ultrapassa os obstáculos porque conhece a sequência. O correto é ele obedecer os comandos do seu dono. Os obstáculos não devem oferecer nenhum perigo para o cão mas devem obedecer as normas do regulamento.
Existem 2 níveis de provas para o agility: o mini agility para os cães de pequeno porte, onde o que varia são as alturas dos obstáculos que, nesse nível prevêem uma altura de 40 cm; o agility standard para os cães de médio e grande porte, prevendo uma altura de 75 cm para os obstáculos

Muito importante: não se deve prender o cão na guia e sair correndo pelo percurso da prova, forçando-o a ultrapassar os obstáculos Isso é um desrespeito pelo animal e fará com que ele tenha medo dos obstáculos, podendo até perder a chance de se tornar um atleta e, consequentemente, um campeão.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário