Meus amigos

A Adolescente e seu Corpo



Você já conhece os seus seios?

Seus seios estão crescendo e se desenvolvendo. E eles podem possuir pequenos grânulos, ficarem levemente inchados, serem assimétricos e, até mesmo, um pouco doloridos. Isso é normal e saber o que é normal é muito importante para você. O tão falado câncer de mama é extremamente raro em mulheres jovens e adolescentes, mas é extremamente aconselhável que você conheça as técnicas de auto exame da mama. Com ele você poderá notar qualquer alteração e seus seios.
Tente primeiro no chuveiro enquanto estiver ensaboada, para que suas mãos possam escorregar por sua pele.
Ou tente um pouco antes de dormir, enquanto estiver deitada, coloque um de seus braços sob sua cabeça, tateie toda a região dos seios, desde a base até as axilas.
Não importa se você examina em círculos ou zigue- zagues, desde que você tenha conhecimento de como são seus seios.
Existem chances de que um pequeno grânulo seja um cisto inofensivo, mas de qualquer maneira você deve verificá-lo com seu médico.
Olhe-se no espelho, rugas, dobras ou covinhas devem ser verificadas pelo seu médico.
Faça seu auto exame todos os meses após sua menstruação.

Não ignore dores e incômodos.
Existem diversas condições que podem causar cólicas abdominais ou pélvicas. Cólicas normalmente dão a sensação de um inchaço doloroso, enquanto cólicas pélvicas podem ser mais agudas e fortes. Menstruações dolorosas (dismenorréia), que pioram com o tempo, podem ser sinal de endometriose, que pode começar na adolescência. Fibróides não são comuns em adolescentes mas podem acontecer. Quando eles crescem, podem causar pressão pélvica, uma sensação de inchaço, constipação e menstruações de fluxo intenso e doloridas. Cistos benignos no ovário também podem causar cólicas. Quando estiver sentindo dores, não deixe de procurar seu medico.
Sobre Odores e Umidade feminina

Mulheres de todas as idades podem ser ver dentro de um quadro com excesso de umidade e odor de tempos em tempos : Você não está sozinha.
É uma das reclamações mais comuns. Umidade é a causa comum do odor e pode se dar devido à diversos motivos:
Excesso de transpiração.
Incontinência urinária .
Corrimento devido às flutuações hormonais.
Seu ciclo menstrual.
Atividade Sexual.
Infecções Vaginais.

O que é normal?
O Corrimento normal da vagina é tipicamente transparente, leitoso ou levemente amarelado e não deve ter um odor desagradável associado à ele ou com coceiras e ardência excessivas.

O que não é normal?
Se você achar que o odor é forte e que está acompanhado de corrimento anormal você ter uma infecção e deve visitar seu médico.
Verifique tabela abaixo , o resultado é apenas para sua informação, somente um médico pode diagnosticar e tratar qualquer infecção vaginal.

Controlando a umidade e o odor diários.
Manter a região vaginal seca pode ser uma maneira útil de controlar o odor. Pra isso, utilize diariamente os lenços umedecidos, que removem o excesso de umidade e higienizam a região com se antiséptico.Se você estiver passando por uma fase com muito problema de umidade, utilize duas vezes por semana o banho de assento, que faz um papel de adstringente, reduzindo a umidade.
O Banho de assento também pode ser usado para umedecer um lenço e ser utilizado com o lenço umedecido , ou então mantenha-o dissolvido em um frasco em seu banheiro e umedeça o papel higiênico após usar o banheiro.

A Importância de produtos de higiene para reduzir o odor.
Procedimento adequados de higiene também podem ajudar a reduzir odor vaginal. Durante o banho utilize o sabonete líquido, que possui ingredientes suaves, não agredindo a região delicada da vagina, além de possuir o pH ácido que previne a proliferação de bactérias causadoras de odor.
Após o banho proteja-se ao longo do dia com o Desodorante íntimo, que com seu antiséptico combate as bactérias causadoras de odor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário