Meus amigos

Leiam... é importante . MOSQUITECA


A “mosquiteca” foi inventada por um professor da UFRJ (MAULORI CABRAL) 
em parceria com biólogos da Fiocruz. Foi testada por eles e realmente funciona

MOSQUITECA

É muito simples sua construção. 

Pegue uma garrafa PET de 1,5 litros ou mais.
Corte a parte superior para fazer uma espécie de funil.
Corte cerca de 10 cm da Pet, parte da base da garrafa.

Lixe a parte interna do pedaço similar a um funil, pode ser utilizada uma lixa para madeira granulação 60, 100 0u 120. O objetivo é deixar a superfície interna bem áspera em toda a sua extensão.

Utilizando o “anel“ parte da tampa da própria garrafa, faça um fechamento com um pedacinho de tela dobrado, (não serve o tule de véu de noiva, pois o buraco é grande o suficiente para que o mosquito passe)

Coloque cinco grãos de arroz, ou de alpiste amassados, ou ainda ração para gatos dento da parte inferior da garrafa Pet.

Sele as duas partes com fita isolante.

Está pronta a armadilha para a fêmea do mosquito transmissor da dengue.

Encha com água limpa até cerca de 3 cm da borda do funil.
Complete a água à medida que a mesma for evaporando

Coloque a armadilha no quintal ou onde ficam os mosquitos.
É necessário ser um local sombreado, a fêmeas do mosquito não gostam de sol.

A fêmea do mosquito, verfica onde está havendo evaporação da água para colocar os seus ovos.

Porque é necessário lixar o “funil”?
A superfície fica corrugada e com isso a água sobe por capilaridade,
aumentando a taxa de evaporação atraindo mais facilmente a fêmea do mosquito “Aedes Aegypti”.

Porque é necessário colocar os grãos de arroz ou alpiste amassados?
A fêmea só põe ovos onde ela identifica que a água possui
alimento para as larvas. Até “os mosquitos” têm instinto materno. 
Os ovos descerão pelos buracos da tela e ficarão na parte inferior do recipiente a tela, serve de elemento de ligação entre as duas partes e não permite que as larvas passem para a parte superior do recipiente. A presença da barreira de tela é muito importante, se ela estiver rasgada/destruída ao invés de um armadilha para o mosquito você estará fornecendo um criatório para o mesmo.

Periodicamente esvazie a parte inferior e mate as larvas com cloro.
Verifique se está tudo OK com a tela e encha novamente a armadilha com água.
Verifique a sua armadilha todos os dias.

O mosquito adulto vive de 30 a 35 dias, e as fêmeas põem ovos de
quatro a seis vezes, nesse período. Em cada vez, ela põe cerca de 100 ovos,
sempre em locais com água limpa e parada.
Se não encontra recipientes apropriados para depositar seus ovos, a fêmea pode voar distâncias de até três quilômetros até localizar um ponto que considere ideal. A temporada de chuva, complica as coisas: um ovo de aedes aegypti pode sobreviver até 450 dias – um ano e dois meses – mesmo que o local em que ele foi depositado fique seco. Se esse local receber água novamente (quando há uma chuvarada, por exemplo), o ovo volta a ficar ativo, podendo se transformar em larva e depois em pupa, e atinge a fase adulta num prazo curtíssimo: de dois a três dias.





Algumas maneiras de fazer alguém feliz!

> Dê um beijo.

> Um abraço.

> Um passo em sua direção.

> Aproxime-se sem cerimônia.

> Dê um pouco de calor, do seu sentimento.

> Sente-se perto e fique por algum tempo.

> Não conte o tempo de se doar.

> Liberte um imenso sorriso.

> Rasgue o preconceito.

> Olhe nos olhos.

> Aponte um defeito, com jeito.

> Respeite uma lágrima.

> Ouça uma história ou muitas, com atenção.

> Escreva uma carta e mande.

> Irradie simplicidade, simpatia, energia.

> Num toque de três dedos, observe as "coincidências".

> Não espere ser solicitado, preste um favor.

> Lembre-se de um caso.

> Converse sério ou fiado.

> Conte uma piada.

> Ache graça.

> Ajude a resolver um problema.

> Pergunte: Por quê? Como vai?

> Como tem passado?

> Que tem feito de bom?

> Que há de novo? E preste atenção.

> Sugira um passeio, um bom livro, um bom filme.

> Diga de vez em quando, desculpe, muito obrigado.

> Não tem importância, que há de se fazer, dá-se um jeito.

> Tente de alguma maneira...

> E não se espante se a pessoa mais feliz for vc!!

> Espero que tenham gostado e que coloquem em prática !!! 


Manual da Mulher (bem resolvida)

Regras básicas
Se ele se interessou, ele liga!
É isso mesmo!
Quando o cara quer, não tem projeto importante, morte de tia ou trânsito maluco que o impeça de convidar você para sair.
Passou uma semana sem ouvir notícias dele?
Esquece, parte prá outra!
Ligar para saber se está tudo bem, nem pensar!
Homem perdido merece ser encontrado morto no apartamento e pelo zelador do prédio, porque os vizinhos não agüentam mais o fedor de carniça...
Vocês saíram e ele não ligou mais?
Foi por que você cedeu? Ou por que não cedeu?
Na verdade, pouco importa.
Se ele estava a fim de sexo e rolou, ótimo!
Sexo é que nem pizza: bom-até-quando-é-ruim...
Mas se você não cedeu, ele provavelmente não procurou mais porque achou que ia dar muito trabalho...
Ou seja, pare de se atormentar porque transou ou não!!!
Duas lições
Dar uma de difícil depois de uma certa idade, já era!!!
Ridículo mesmo é fazer tipinho!!!
E, além do mais, você vai se arrepender de ter cedido e de não ter cedido... 
Homens comprometidos: Diga não!!!
A relação dele está em crise? Péssimo!!!
Só falta oficializar o fim? Ótimo!
Se ele quiser continuar infeliz, dane-se! Senão, ele termina de uma vez e, depois, procura você, combinado?
Ouviu aquela clássica: “Você é boa demais para mim”?
Acredite, amiga! É mesmo!!!
Descarte o cidadão e pare de bancar a Madre Tereza de Calcutá!
Não tente
Não dá pra namorar um cara pelo qual você não tem um mínimo de admiração.
Traição
Não continue com um cara que chifrou você... você não vai agüentar a onda de ser traída de novo.
E olho vivo se ele já foi infiel com outras.
A gente sempre acha que com a gente vai ser diferente... Esqueça!!! Nunca é!!! 
E atenção! A fila anda!!!
Pior do que nunca achar o homem certo, é viver pra sempre com o homem errado...
Nosso lema a partir de hoje
O homem que não dá assistência abre concorrência e perde a preferência! 


Beijar fumantes

Beijo com sabor de cigarro: você gosta?

Como definir o sabor da nicotina? É um gosto meio amargo, latejante, inconfundível. Muita gente que não fuma o abomina radicalmente.
E quando a menina que você tá pegando na balada acabou de fumar um cigarro? Você deixaria de beijar alguém pra fugir do gosto?

“O beijo fica ruim. Se a menina é fumante, perde pontos comigo”, afirma Anderson Peres, 21 anos, que conta ter pegado pouquíssimas garotas fumantes em razão deste desconforto. Ele explica que “o cigarro não sai da boca. Pode chupar bala, mascar chiclete, escovar os dentes... Demora muito tempo pra sair!”.

Mas lógico que a sensação não é reprovada por todos - do contrário não viciaria tanta gente.
Para alguns, o sabor químico é um atrativo a mais. Muitos ainda conferem glamour e charme ao gesto de fumar...

A verdade é que o cigarro sempre carregou uma história de sensualidade, beleza, poder e rebeldia. E atualmente, apesar das restrições das leis anti-tabagistas, essa mística continua sendo reforçada por cinema, TV, música e outdoors. Há até não fumantes que apreciam o aroma!

Natalia Souza tem 15 anos. Está começando a beijar em baladas e os meninos da sua idade estão começando a fumar. Ela jura que nunca experimentou cigarro, mas não achou ruim quando beijou um fumante: “o sabor é até gostoso. Não fumo porque sei que faz muito mal, só que não deixaria de ficar com ninguém por causa disso”.

Que o cigarro faz mal, não é novidade pra ninguém. Ainda assim vale salientar a procedência assustadora de alguns de seus componentes: a nicotina é responsável por induzir à dependência - quem gosta de beijar fumantes deve tudo a ela.

Porém, além de seu elemento mais conhecido, a fumaça do cigarro ainda carrega outras 4720 substâncias tóxicas - 60 delas cancerígenas -, como ddt (agrotóxico); polônio 210 e carbono 14 (substâncias radioativas); chumbo e cádmio (metais pesados); amônia (utilizada em limpadores de banheiro); níquel, arsênico, formol e monóxido de carbono.
Nomes pouco agradáveis, não?
“Sinto-me lambendo um cinzeiro”, compara Daniel Tomiate, de 19 anos. Avesso ao gosto e ao cheiro, ele diz que “não suportaria mais do que uma noite” com uma garota fumante. “Não acho normal ser feliz engolindo fumaça”, complementa.

Ao lado de Daniel no momento da entrevista, seu amigo Rodrigo Pedroso, de 21 anos, ri das declarações extremistas sobre o fumo. “É um fenômeno que já está há muito tempo presente na sociedade”, acredita.
Rodrigo é fumante há pelo menos quatro anos, mas não incentiva o hábito: “isso nunca fez bem a ninguém. Se puder evitar, evite”.

Para ele, um namoro entre fumante e não fumante tem boas chances de dar errado, embora não acredite que o gosto da nicotina atrapalhe mais um beijo do que o de bebidas alcoólicas, por exemplo.

Como se vê, mais do que um malefício à saúde, o cigarro pode muitas vezes prejudicar relacionamentos.
Motivo para abandonar o prazer que ele proporciona? Fica a seu cargo decidir (e também ao cargo de quem for te beijar). 


Gloss: de nojento a complemento perfeito

O gloss é um acessório indispensável da mulher moderna, mas será que os homens também gostam desse “batom melequento”?

“É nojento!!! Parece que você está beijando um tubo de cola” diz Luiz Felipe Machado, de 17 anos. “Mas tenho que concordar que a boca da mulher fica muito sexy com gloss, fica mais brilhante, parece doce, dá vontade de comer” ele acrescenta.

Já Rodrigo Ferrarini, que tem 21 anos, adora mulher com o brilho labial em todos os aspectos: “É bonito, sexy, o beijo fica muito melhor!!! Não deixo minha namorada sair sem”.

Bianca Pires, de 20 anos, namora Rodrigo e se diz fã incondicional do cosmético: “Ele hidrata, dá impressão de mais volume... É maravilhoso!!! Ainda bem que o Ro gosta, senão seria muito complicado.”

De uma forma ou de outra, o fato é que gloss é um item coringa numa maquiagem básica ou mais sofisticada.

Ele é ótimo para fazer com que os lábios pareçam mais carnudos. Alguns até contêm substâncias que aumentam os lábios de verdade durante o uso. Infelizmente ao tirar o produto a boca volta ao normal.

Como fazer seu homem começar a gostar de gloss? Temos algumas dicas.

Você deve tentar achar o brilho labial que se encaixe no gosto e no tipo de beijo de vocês.

Esse tipo de produto normalmente tem sabor, o que pode ser muito interessante. Os de menta dão uma sensação “geladinha” deliciosa. Os de morango são docinhos, muito gostosos. Os chocólatras vão amar os de chocolate. Para os que adoram beber o de caipirinha é perfeito.

A consistência é outra coisa importante. Os mais líquidos, como os rollon, fazem com que o beijo pareça mais natural, por ser mais parecido com a saliva. Os mais grossos, como os de bisnaga, causam aquela sensação de beijo melado. Para os indecisos, os melhores são os de pincel.

Como você apresenta o gloss para ele também é uma coisa importante. Chegue dando um beijo bem gostoso e apaixonado. Pela apresentação ele vai gostar do produto. Com certeza ele vai começar a amar “aquela coisa melada que as mulheres passam na boca”!!!

Gloss: de nojento a complemento perfeito

O gloss é um acessório indispensável da mulher moderna, mas será que os homens também gostam desse “batom melequento”?

“É nojento!!! Parece que você está beijando um tubo de cola” diz Luiz Felipe Machado, de 17 anos. “Mas tenho que concordar que a boca da mulher fica muito sexy com gloss, fica mais brilhante, parece doce, dá vontade de comer” ele acrescenta.

Já Rodrigo Ferrarini, que tem 21 anos, adora mulher com o brilho labial em todos os aspectos: “É bonito, sexy, o beijo fica muito melhor!!! Não deixo minha namorada sair sem”.

Bianca Pires, de 20 anos, namora Rodrigo e se diz fã incondicional do cosmético: “Ele hidrata, dá impressão de mais volume... É maravilhoso!!! Ainda bem que o Ro gosta, senão seria muito complicado.”

De uma forma ou de outra, o fato é que gloss é um item coringa numa maquiagem básica ou mais sofisticada.

Ele é ótimo para fazer com que os lábios pareçam mais carnudos. Alguns até contêm substâncias que aumentam os lábios de verdade durante o uso. Infelizmente ao tirar o produto a boca volta ao normal.

Como fazer seu homem começar a gostar de gloss? Temos algumas dicas.

Você deve tentar achar o brilho labial que se encaixe no gosto e no tipo de beijo de vocês.

Esse tipo de produto normalmente tem sabor, o que pode ser muito interessante. Os de menta dão uma sensação “geladinha” deliciosa. Os de morango são docinhos, muito gostosos. Os chocólatras vão amar os de chocolate. Para os que adoram beber o de caipirinha é perfeito.

A consistência é outra coisa importante. Os mais líquidos, como os rollon, fazem com que o beijo pareça mais natural, por ser mais parecido com a saliva. Os mais grossos, como os de bisnaga, causam aquela sensação de beijo melado. Para os indecisos, os melhores são os de pincel.

Como você apresenta o gloss para ele também é uma coisa importante. Chegue dando um beijo bem gostoso e apaixonado. Pela apresentação ele vai gostar do produto. Com certeza ele vai começar a amar “aquela coisa melada que as mulheres passam na boca”!!!

 

Quando ser sincero demais se torna um problema...

Provavelmente você deve ter achado o título desta matéria um pouco estranho. Afinal de contas, desde cedo a gente aprende (ou pelo menos deveria aprender) que “mentir é feio” e que falar a verdade é sempre a melhor escolha.

Apesar disso, pare pra pensar em quantas vezes já passou pela sua cabeça a frase “por que eu fui ser tão sincero?”. Foram muitas vezes? Pois é, amigo. Existem situações em que uma mentirinha, de leve, pode não ser tão prejudicial assim...

É importante deixar claro que ninguém aqui, em momento nenhum, tá querendo dizer que é pra você sair por aí mentindo e enganando todo mundo. Vamos somente listar algumas situações em que a omissão ou até mesmo a mentira podem livrar você de várias saias-justas. Por exemplo...

Quando ELA diz:

“Amor, eu fico gorda com essa roupa?”
Tá aí um exemplo clássico. Quando sua namorada te pergunta isso, a intenção dela é mais a de receber um elogio do que a de ouvir uma crítica insensível. Imagine a cena: ela, toda feliz com o vestidinho novo, perguntando se as gordurinhas estão à mostra no modelito e você, um ogro, respondendo algo do tipo “Claro que você fica gorda e, aliás, não é só com essa roupa, não! Tá na hora de fazer um regiminho, viu amor?”. Poxa, nem precisa dizer que, se continuar desse jeito, o seu namoro tem grandes chances de estar com os dias contados...

A nossa noite foi tão boa, né?
Outra situação em que medir as palavras (e até mesmo fingir um pouquinho) pode mais ajudar do que atrapalhar. Bom, digamos que a transa não foi das melhores, mas ela gostou e, empolgada, disse que foi maravilhosa. O que uma pessoa super sincera faria? Com certeza diria algo como “Nossa, você acha que ISSO é maravilhoso? Ô, minha filha, você não entende muito da coisa não, hein?”. Tá claro que o cara tem que ser bem sem noção pra fazer isso...

Quando seus PAIS dizem:
“Adoro quando você passa o fim de semana com a gente. Você não gosta?”
É nessa hora que você pensa que abriu mão de uma super balada na sexta-feira pra ficar em casa vendo TV e que cancelou um showzaço no sábado pra ir na festinha de aniversário do seu priminho de 5º grau? Sim, é nessa hora. Mas e aí? Você vai dizer isso pros seus pais? Claro que não, mané! Até porque não há dúvidas de que dá pra passar ótimos momentos junto com a família, inclusive aos fins de semana...

“Você vai voltar cedo pra casa, né?”
A pergunta é: o que vai acontecer se você responder que vai voltar super tarde e que não tá nem aí pra horário? Você pode até se surpreender e ter uma resposta positiva, mas há grandes chances de seus pais virarem duas feras. Então, pra que causar confusão? Você pode dizer, por exemplo, que não sabe a que horas volta, mas que vai tentar voltar cedo e que deve ligar quando sair da balada. Seus ouvidos agradecem...

Quando VOCÊ mesmo diz:
“Meus relacionamentos nunca dão certo. Sou muito ciumento, vivo falando da minha ex, sou chato demais...”
Cadê o bom senso? Dizer esse tipo de coisa, principalmente num primeiro encontro, chega a ser um crime. Não é pra ficar contando vantagem e só falar das suas qualidades, mas também não seja tão sincero a ponto de entregar todas as suas fraquezas de uma só vez... 

Dicas para fazer sua mesada render

Todo mês, aquele dinheiro que seus pais liberam para você mal dá para passar a primeira semana. É só dar uma passeada no shopping mais perto que sua mesada vai toda naquela blusinha maravilhosa. Já que o aumento tão esperado não vem, o jeito é começar a organizar melhor suas finanças. 
"É preciso que o jovem automatize o processo de controle de sua mesada. Uma dica é separar o dinheiro em envelopes para cada tipo de consumo, como baladas, comidas e lazer", orienta o consultor financeiro Gustavo Cerbasi. Ele explica ainda que separar 10% do valor da mesada para compras pontuais é o mais indicado. "O jovem não pode estimar que sua mesada vá ser usada na medida exata".

A estudante Camila Fernanda Batista Moura, 13 anos, de Mogi das Cruzes - São Paulo, conta que seus R$ 30 mensais não dão para quase nada. "Eu acho que ganho um valor razoável, mas os preços no shopping são muito caros. Se eu compro uma blusa, o dinheiro já vai todo embora", comenta.

Já Renata Gois Nascimento Soares, 15 anos, conta que precisa organizar sua mesada também na compra de produtos básicos de higiene. "Como eu moro com meus avós, minha mesada serve também para xampu, hidratante e até para a farmácia", conta. A estudante, que mora em Morro do Chapéu, interior da Bahia, acredita que seus R$ 300 mensais não são suficientes para todos os seus gastos.

"Eu sempre fico devendo, porque o dinheiro nunca dá. É sapato, salão de beleza, roupas, festas, dentista, cantina do colégio. Eu pago tudo com a minha mesada", explica Renata. As contas acumuladas já chegaram a R$ 325 na farmácia e a estudante teve que pedir socorro ao pai. "Ele ficou muito bravo", relembra.
Segundo Cerbasi, a saída para fazer com que a mesada renda o mês inteiro é exercitar o hábito de investir, deixando para um segundo plano o consumo compulsivo. "O adolescente tem que estabelecer metas de médio prazo, onde ele consiga adquirir pequenas conquistas que os pais não comprariam", explica.

E investir é a palavra de ordem do estudante Thomas Cordeiro Guedes, 14 anos. "Eu sempre guardo minha mesada, só gasto meu dinheiro quando aparece alguma coisa que realmente valha a pena", conta.

Para os jovens mais compulsivos, vai a dica de Cerbasi: "Seja sempre conservador em suas escolhas e planeje seus gastos em uma planilha, se for o caso." E se você ganhou um cartão de débito e uma conta corrente de seu pai, não se empolgue. "O cartão de débito não mostra o ritmo de consumo, o que pode ser um vilão. O mais prudente é sacar toda semana o tanto exato que se pretende gastar, garantindo assim que a mesada renda o mês inteiro", finaliza.

Dicas para fazer seu dinheiro render mais:
- Deixe sempre uma folga de 10% da sua mesada para gastos inesperados
- Separe o dinheiro em envelopes para cada tipo de consumo
- Tenha metas de médio prazo

Gustavo Cerbasi - consultor financeiro e autor do livro Filhos Inteligentes Enriquecem Sozinhos


Curiosidades sobre o word (incrível)

Primeira curiosidade:
1. Abra um documento no Word e escreva, em letras maiúsculas, Q33 NY (quadra 33 de Nova Iorque, onde as torres gêmeas vítimas do atentade de 11 de Setembro de 2001).
2. Selecione o texto, aumente o tamanho da fonte para 72, mude o tipo para Wingdings e confira o resultado; é surpreendente!


Segunda curiosidade: 
1. Abra um documento no Word e escreva: =rand(200,99)
2. Tecle , espere uns 3 segundos e veja o que acontece. 


Dica...COMO GELAR UMA CERVEJA EM 3 MINUTOS

Antes de tudo, peço que ao manipular com esses produtos não mexa com fogo.

MISTURA ALTAMENTE INFLAMAVEL, veja abaixo porque.
LEIA O GUIA TODO ANTES DE COMEÇAR.
Não nos responsabilizamos por acidentes que pode vir a ocorrer.
Vamos lá, a quantidade de material a utilizar depende muito do recipiente e da quantidade de cerveja a ser gelada.
Você pode fazer isso em um simples balde, em uma bacia grande, numa caixa d'água, ou ate mesmo numa piscina.
Não existe uma quantidade especifica de materiais, mas basicamente você fará o seguinte.
Medida para um balde comum:
-Coloque toda cerveja a ser gelada no recipiente.
-Adicione um saco de gelo pequeno (aqueles industrializados)
-Adicione 250g de sal de cozinha(1/4 do saquinho de 1kg)
-Adicione 1 litro de álcool em liquido.
-De uma leve misturada e aguarde os 3 minutos.

ATENÇÃO: REPARE QUE VOCÊ ESTA MEXENDO COM ALCOOL, SENDO ASSIM CUIDADO SE ESTIVER NUM CHURRASCO E TER CONTATO COM FOGO.
-CUIDADO COM BRINCADEIRAS PERTO DO RECIPIENTE DE GELAMENTO COM FÓSFORO, ISQUEIROS...
-MANTENHA AS CRIANÇAS LONGE DO RECIPIENTE.
-SEMPRE DEIXE ALGUEM DE OLHO, NA MISTURA, POIS QUALQUER PESSOA CURISOSA QUE QUEIRA COLOCAR A MAO, OU A CABEÇA NO RECIPENTE PODE TER SEU MEMBRO CONGELADO PELA SUBSTÂNCIA.
-NÃO RECOMENDADO FICAR POR MUITO TEMPO COM SUA MÃO NA MISTURA, PRODUTO ALTAMENTE CONGELANTE.

OBS: Caso em 3 minutos não esteja gelado, espere uns 5 ou 10
minutos. Veja que para realmente funcionar em 3 minutos depende
da quantidade de álcool no total da mistura, ou seja, o percentual de
álcool da mistura de água+sal e também da quantidade de cerveja a
ser gelada.

Se ainda não gelar extremamente gelado, isso quer dizer que a
mistura não foi suficientemente adicionada com álcool. Para evitar
problemas, coloque o Maximo de álcool possível, já que é material
de baixo custo.
-Antes de gelar dezenas ou centenas de caixas de cerveja, faça testes
com apenas algumas latas ou garrafas, para caso venha a congelar você não desperdiçar.uma quantidade grande de líquidos.

-AO RETIRAR AS LATAS E/OU GARRAFAS, LIMPE-AS COM
AGUA PARA RETIRAR O ALCOOL.
-AGORA FIQUE DE OLHO NA CERVEJA, POIS A CASOS QUE
ACIMA DE 3 MINUTOS A CERVEJA SE CONGELOU DE TÃO
GELADO (ISSO TAMBEM DEPENDE DA QUANTIDADE DE
ÁLCOOL E DE CERVEJA A SER GELADA) 


8 Regras para domar uma BAGUNÇA.

A bagunça é inimiga da prosperidade. Ninguém está livre da desorganização. A bagunça forma-se sem que se perceba e nem sempre é visível. A sala parece em ordem, a cozinha também, mas basta abrir os armários para ver que estão cheios de inutilidades.

De acordo com o Feng Shui Interior - uma corrente do Feng Shui que mistura aspectos psicológicos dos moradores com conceitos da tradicional técnica chinesa de harmonização de ambientes - bagunça provoca cansaço e imobilidade, faz as pessoas viverem no passado, engorda, confunde, deprime, tira o foco de coisas importantes, atrasa a vida e atrapalha relacionamentos. Para evitar tudo isso fique atento às

OITO REGRAS PARA DOMAR A BAGUNÇA 
1. Jogue fora o jornal de anteontem.
2. Somente coloque uma coisa nova em casa quando se livrar de uma velha.
3. Tenha latas de lixo espalhadas nos ambientes, use-as e limpe-as diariamente.
4 Guarde coisas semelhantes juntas; arrume roupas no armário de acordo com a cor e fique só com as que utiliza mesmo.
5. Toda sexta-feira é dia de jogar papel fora.
6. Todo dia 30, por exemplo, faça limpeza geral e use caixas de papelão marcadas: lixo, consertos, reciclagem, em dúvida, presentes, doação. Após enchê-las, jogue tudo fora.
7. Organize devagar, comece por gavetas e armários e depois escolha um cômodo, faça tudo no seu ritmo e observe as mudanças acontecendo na sua vida.
8. Veja uma lista de atitudes pessoais capazes de esgotar as nossas energias. 

Conheça cada dessas ações para evitar a "crise energética pessoal ".
1. Maus hábitos, falta de cuidado com o corpo - Descanso, boa alimentação, hábitos saudáveis, exercícios físicos e o lazer são sempre colocados em segundo plano. A rotina corrida e a competitividade fazem com que haja negligência em relação a aspectos básicos para a manutenção da saúde energética. 

2. Pensamentos obsessivos - Pensar gasta energia, e todos nós sabemos disso.
Ficar remoendo um problema cansa mais do que um dia inteiro de trabalho físico. Quem não tem domínio sobre seus pensamentos - mal comum ao homem ocidental, torna-se escravo da mente e acaba gastando a energia que poderia ser convertida em atitudes concretas, além de alimentar ainda mais os conflitos. Não basta estar atento ao volume de pensamentos, é preciso prestar atenção à sua qualidade. Pensamentos positivos, éticos e elevados podem recarregar as energias, enquanto o pessimismo consome energia e atrai mais negatividade para nossas vidas. 

3. Sentimentos tóxicos - Choques emocionais e raiva intensa também esgotam as energias, assim como ressentimentos e mágoas nutridos durante anos seguidos. Não é à toa que muitas pessoas ficam estagnadas e não são prósperas. Isso acontece quando a energia que alimenta o prazer, o sucesso e a felicidade é gasta na manutenção de sentimentos negativos. Medo e culpa também gastam energia, e a ansiedade descompassa a vida. Por outro lado, os sentimentos positivos, como a amizade, o amor, a confiança, o desprendimento, a solidariedade, a auto-estima, a alegria e o bom-humor recarregam as energia e dão força para empreender nossos projetos e superar os obstáculos.

4. Fugir do presente - As energias são colocadas onde a atenção é focada. O homem tem a tendência de achar que no passado as coisas eram mais fáceis: "Bons tempos aqueles!", costumam dizer. Tanto os saudosistas, que se apegam às lembranças do passado, quanto àqueles que não conseguem esquecer os traumas, colocam suas energias no passado. Por outro lado, os sonhadores ou as pessoas que vivem esperando pelo futuro, depositando nele sua felicidade e realização, deixam pouca ou nenhuma energia no presente. E é apenas no presente que podemos construir nossas vidas.

5. Falta de perdão - Perdoar significa soltar ressentimentos, mágoas e culpas. Libertar o que aconteceu e olhar para frente. Quanto mais perdoamos, menos bagagem interior carregamos, gastando menos energia ao alimentar as feridas do passado. Mais do que uma regra religiosa, o perdão é uma atitude inteligente daquele que busca viver bem e quer seus caminhos livres, abertos para a felicidade. Quem não sabe perdoar os outros e si mesmo, fica "energeticamente obeso", carregando fardos passados.

6. Mentira pessoal - Todos mentem ao longo da vida, mas para sustentar as mentiras muita energia é gasta. Somos educados para desempenhar papéis e não para sermos nós mesmos: a mocinha boazinha, o machão, a vítima, a mãe extremosa, o corajoso, o pai enérgico, o mártir e o intelectual. Quando somos nós mesmos, a vida flui e tudo acontece com pouquíssimo esforço.

7. Viver a vida do outro - Ninguém vive só e, por meio dos relacionamentos interpessoais, evoluímos e nos realizamos, mas é preciso ter noção de limites e saber amadurecer também nossa individualidade. Esse equilíbrio nos resguarda energeticamente e nos recarrega. Quem cuida da vida do outro, sofrendo seus problemas e interferindo mais do que é recomendável, acaba não tendo energia para construir sua própria vida. O único prêmio, nesse caso, é a frustração.

 8. Bagunça e projetos inacabados - A bagunça afeta muito as pessoas,causando confusão mental e emocional. Um truque legal quando a vida anda confusa é arrumar a casa, os armários, gavetas, a bolsa e os documentos, além de fazer uma faxina no que está sujo. À medida que ordenamos e limpamos os objetos, também colocamos em ordem nossa mente e coração. Pode não resolver o problema, mas dá alívio. Não terminar as tarefas é outro "escape" de energia. Todas as vezes que você vê, por exemplo, aquele trabalho que não concluiu, ele lhe "diz" inconscientemente: "Você não me terminou! Você não me terminou!" Isso gasta uma energia tremenda. Ou você a termina ou livre-se dela e assuma que não vai concluir o trabalho. O importante é tomar uma atitude. O desenvolvimento do autoconhecimento, da disciplina e da terminação fará com que você não invista em projetos que não serão concluídos e que apenas consumirão seu tempo e energia. 

9. Afastamento da natureza - A natureza, nossa maior fonte de alimento energético, também nos limpa das energias estáticas e desarmoniosas. O homem moderno, que habita e trabalha em locais muitas vezes doentios e desequilibrados, vê-se privado dessa fonte maravilhosa de energia. A competitividade, o individualismo e o estresse das grandes cidades agravam esse quadro e favorecem o vampirismo energético, onde todos sugam e são sugados em suas energias vitais.

Divulgue essas dicas para o maior número de pessoas possível e mentalize que, para proteger a entrada da casa,quando todos colocarem essas regras em prática, o mundo será mais justo e mais belo. Vamos tentar melhorar nossa energia pessoal. Atitudes erradas jogam energia pessoal no lixo. 
 

Dicas sobre as cores e seus efeitos sobre voce.

As cores e vc, que poderão ser usadas em roupas ou objetos perto de vc.
Mas, cuidado, não abuse, procure o equilíbrio. Veja até o final e calcule o seu.

1 - VERMELHO
Desenvolve o vigor, estimula o físico e o sistema nervoso. Deve ser usado para levantar o astral, espantar o desânimo, desenvolver o estímulo para a vida. Na parte física é coadjuvante no tratamento de problemas de circulação, anemia e fraqueza.
Sua falta traz: perda de iniciativa, de autoconfiança e de vontade.

2 - LARANJA
Traz as emoções à tona, mas de maneira tranquila. Revigora a mente e produz uma sensação de bem-estar. Bronquite, asma, problemas renais e musculares são as síndromes físicas que o laranja ajuda a combater. Mas nunca abandone o seu tratamento.
Sua falta traz: ansiedade, impaciência e dificuldade de adaptação.

3 - AMARELO
Essa cor, como simboliza o ouro, irradia otimismo e alegria, combate a depressão e colabora com a criatividade. Fisicamente, dá suporte aos tratamentos dos males de estômago, fígado, intestino, da pele e de audição.
Sua falta traz: timidez, medo de críticas e tendência para a tristeza.

 4 - VERDE
Relaxante orgânico natural, essa cor estimula o funcionamento de todo o sistema nervoso. Age como se fosse um tônico revigorante. Auxilia no tratamento da hipertensão, insônia, tensão muscular, dores de cabeça e úlcera.
Sua falta traz: desorganização, atrasos em compromissos e métodos e percepção falhos.

5 - AZUL
Todos os tons de azul transmitem esperança e serenidade. É acima de tudo um calmante. Anda ao lado das terapias para o aparelho respiratório, dos tratamentos de dores de garganta, laringite, rouquidão e age contra as erupções de pele.
Sua falta traz: resistência a mudanças, inflexibilidade e não entendimento da palavra liberdade.

6 - ANIL
Alivia as frustações e inibições e age contra o medo do futuro ou do desconhecido. Diminui a força das doenças mentais. Pode coadjuvar no combate aos males dos olhos e ouvidos. Traz, ainda, bem-estar a quem tem pneumonia.
Sua falta traz: medos e frustações às vezes inexplicáveis. Ausência de desconfiômetro.

7 - VIOLETA
Essa cor acalma, sem relaxar em excesso. Na mente, inspira e estimula a criatividade e o senso de observação. Quando o foco é o corpo, pode ajudar a acalmar nevralgias, dores ciáticas, reumáticas, renais e de bexiga.
Sua falta traz: medos de rejeição e incompreensão e incapacidade de observação detalhada.

8 - ROSA
Desde o mais claro até o rosa queimado, estimula boas emoções, principalmente as do amor. Pode auxiliar contra o formigamento, a má circulação ou ainda descontrole de pressão.
Sua falta traz: problemas de controle emocional, inabilidade, desânimo e má circulação.

9 - BRANCO OU OURO
É a mistura de todas as cores. Pode ser considerada coadjuvante para melhora integral da mente e do corpo.
Sua falta traz: tendência para instabilidade emocional e a falta de senso comunitário. 
 

Dicas sobre Automóveis usados

 Veja os cuidados que você deve ter na venda e compra. 

Nem sempre é fácil vender um carro usado. Dependendo da liquidez do mercado e da idade do veículo, pode ser bastante difícil fazer a venda. No atual momento em que a oferta de crédito é muito grande, o mercado está bastante aquecido, especialmente para a utilização do carro usado como entrada. Mas, encontrado o comprador é sempre preciso cautela para fechar o negócio, mesmo que o comprador seja uma loja vendedora ou concessionária.
E, claro, por parte do comprador, há, também, cuidados que precisam ser tomados.
As dicas a seguir mostram as dificuldades da venda, a necessidade de verificação da qualidade na compra, bem como as garantias existentes e os cuidados a serem tomados.

• Divulgação para venda
Para vender use todas as formas de divulgação ao seu dispor:
Ê anuncie nos jornais: pense no valor do seu carro e no tipo de pessoas que lêem o jornal; tente anunciar no jornal dirigido ao público-alvo que se interessaria por um veículo como o seu;
Ê avise a todos os seus amigos, vizinhos, parentes, colegas de trabalho e de faculdade que você está vendendo seu carro;
Ê havendo mural de anúncios no seu trabalho ou na faculdade, utilize-o;
Ê da mesma forma, se existirem jornais de circulação interna no trabalho ou na faculdade, faça o anúncio;
Ê cartaz no vidro do carro também ajuda.

• Aparência do veículo
Cuide da aparência do carro: mostre-o lavado, de preferência faça uma lavagem completa e, se a tinta não estiver brilhando, faça um polimento. Deixe-o, portanto, arrumado e limpo. 

• Não esconda problemas
Cheque os itens básicos, tais como regulagem, circuito elétrico (lâmpadas internas, faróis etc), barulhos incômodos. Não esconda, contudo, eventuais problemas graves. Você pode depois até ser acionado judicialmente. O correto é apontar os defeitos e dar desconto no preço.

• O que fazer na compra
Se você vai comprar, procure dirigir o veículo, para ver se você percebe algum problema. E, de preferência, leve um mecânico de confiança para examinar o veículo, antes de comprá-lo.
Cheque e compare a idade do veículo com desgaste, quilometragem e condições do motor. Pergunte a profissão do vendedor, se ele anda muito com o carro etc., e faça um cálculo para ver se a quilometragem é adequada. Verifique as condições dos pneus, dos amortecedores etc.

• Cheque preços
Compare os preços médios dos jornais (use mais de um), anote os preços, leve em consideração as condições reais do carro: peças originais de fábrica; acessórios colocados depois; funilaria feita por batidas havidas; serviços que precisam ser feitos etc.
Faça um cálculo de desconto ou acréscimo em relação ao preço médio dos jornais.

• Venda rápida
Se você quiser vender rápido, mostre ao comprador a operação acima e dê um desconto.

• Compra com desconto
Se você quer fazer um bom negócio de compra e tem dinheiro na mão, mostre a mesma operação e ofereça preço menor do que o pedido.

• Troca de veículos
Na troca de veículos, a checagem das condições deve ser feita por ambos os lados.

• Quando entra o Código de Defesa do Consumidor (CDC)
As regras do CDC não se aplicam a compra e venda feita entre particulares, isto é, na compra e venda feita entre um consumidor e outro nem na venda feita pelo consumidor à uma loja ou concessionária.
Na compra de carros usados feitas em lojas de revenda e nas concessionárias, aplicam-se todas as regras do CDC.

• Prazo de garantia
Se o prazo de garantia de fábrica do veículo usado não foi ultrapassado, ele continua valendo ainda para o novo proprietário. Se o veículo já teve expirado o prazo de garantia de fábrica, mas é um usado vendido por loja de veículos ou concessionária há uma garantia fixada pelo CDC.
A garantia legal para reclamações contra vícios é de noventa dias, prazo este que começa a correr da data da entrega do carro. Essa garantia vale mesmo que esses vendedores digam que não a estão oferecendo.
A responsabilidade pelo funcionamento normal do veículo durante os noventa dias é do vendedor. Só não está garantido o desgaste natural das peças, que em veículos usados pode ser mais acelerado e, dependendo do componente, pode ser bastante grande como, por exemplo, pneus, amortecedores, molas etc .

• Os riscos na venda e compra
Veja agora os riscos ao encontrar o comprador e ao vender o veículo.

• Dados do Departamento de Trânsito
Como comprador é preciso, antes de comprar o automóvel, verificar junto ao Departamento de Trânsito se o veículo está livre para venda (se não há comunicação de furto/roubo, pedido de busca e apreensão ou outra comunicação judicial que impeça a venda) bem como se há multas e qual o valor (em algumas localidades é possível obter as informações por telefone). Um despachante pode fazer esse serviço.

• Pagamento com cheque
Para vender é necessário saber se o cheque tem fundos. Cheques administrativos diminuem o risco, que só existe se forem falsificados. É bom checar a validade do cheque administrativo, ligando para o banco com o cheque em mãos.

• Reconhecimento de firma pessoalmente
A transferência em alguns Estados, como São Paulo, deve ser feita com firma reconhecida no Certificado de Registro de Veículo – CRV em Cartório, com a presença física do vendedor.

• Registro do Certificado de Registro de Veículo – CRV – no Departamento de Trânsito
Logo após a venda, deve o documento de transferência ser entregue ao Departamento de Trânsito para a transferência do nome do proprietário nos registros daquele órgão. O serviço pode ser feito por despachante.
O importante é que seja feito de imediato, pois enquanto o nome não é transferido, qualquer ocorrência de trânsito, tais como multas ou acidentes são imputadas ao proprietário com registro naquele órgão de trânsito.

• Tire cópia autenticada do Certificado de Registro de Veículo – CRV
Também por isso deve o vendedor, após reconhecer firma do documento válido para transferência, tirar cópia autenticada dele e guardá-lo consigo. Mas, o importante é certificar-se que a transferência no Departamento de Trânsito foi feita.

• Documento adicional
Além disso, deve-se fazer um outro documento de compra e venda, onde conste a descrição do automóvel, nome, endereço, CPF, RG do vendedor e do comprador, o preço da venda e a forma de pagamento e a responsabilidade do vendedor por multas relativas a períodos anteriores à data da venda e que apareçam depois. (Veja modelo desse contrato em meu site: www.beabadoconsumidor.com.br)

• IPVA e demais taxas
O valor do IPVA, taxas, seguro obrigatório e do licenciamento devem também ser levados em consideração na composição do preço. Se o carro acabou de ser licenciado e, por exemplo, o negócio está sendo feito nos mêses iniciais do ano, o comprador não terá que fazer qualquer desembolso até o ano seguinte. Leve isso em consideração.

• Seguro
No que diz respeito ao seguro de veículo e sua possível transferência, o comprador deve tomar muito cuidado.
Se a cobertura do seguro estiver de alguma forma sendo negociada, antes de fechar o negócio converse com a corretora que fez o seguro (o nome consta da apólice ou se obtém o nome da corretora ligando para a seguradora) e pergunte quais são as condições para a transferência e quais são os procedimentos a serem adotados (troca de correspondência, nova vistoria, dados cadastrais, etc.).
É importante também perguntar e saber se o prêmio do seguro está sendo pago em dia.

• Não faça nada “de boca”
Nada deve ser feito “de boca”, isto é, verbalmente.

• Guarde os documentos
Toda documentação envolvendo a transação, inclusive anúncio do jornal, deve ser guardada.

Você já sabia ?? Eu não...
Às vezes dá um branco! Quando a gente está entrando num posto de gasolina para abastecer e não se lembra em que lado do carro está a tampa do tanque de gasolina. Pois parece mentira, mas agora se revela um segredo que poucos sabem. E' que no painel de qualquer carro, há uma indicação exata, muito sutil, que nos revela qual o lado do carro que vai receber o combustível.
Vejam bem o desenho da bomba de gasolina, no painel do carro. Esta bomba tem uma mangueira desenhada. Se a mangueira está do lado esquerdo da bomba, então a tampa do tanque de gasolina se encontra também no lado esquerdo do carro, ou seja, do motorista. Se a mangueira do desenho da bomba se encontra a direita da bomba, então o seu carro deve ser abastecido no lado direito do motorista. Não fiquem p. da vida, por só agora haverem tomado conhecimento deste fato . 



30 maiores mentiras que ja ouvimos

mentira.jpg
1. ADVOGADO: - Esse processo é rápido.
2. AMBULANTE: – Qualquer coisa, volta aqui que a gente troca.
3. ANFITRIÃO: – Já vai? Ainda é cedo!
4. ANIVERSARIANTE: – Presente? Sua presença é mais importante.
5. BÊBADO: - Sei perfeitamente o que estou dizendo.
6. CASAL SEM FILHOS: – Visite-nos sempre; adoramos suas crianças.
7. CORRETOR DE IMÓVEIS: – Em 6 meses colocarão: água, luz e telefone.
8. DELEGADO: – Tomaremos providências.
9. DENTISTA: – Não vai doer nada.
10. DESILUDIDA: – Não quero mais saber de homem.
11. DEVEDOR: – Amanhã, sem falta!
12. ENCANADOR: – É muita pressão que vem da rua.
13. FILHA DE 17 ANOS: - Dormi na casa de uma colega.
14. FILHO DE 18 ANOS: – Antes das 11 estarei de volta.
15. GERENTE DE BANCO: - Temos as taxas mais baixas do mercado.
16. INIMIGO DO MORTO: – Era um bom sujeito.
17. JOGADOR DE FUTEBOL: – Vamos continuar trabalhando e forte.
18. LADRÃO: – Isso aqui foi um homem que me deu.
19. MECÂNICO: - É o carburador.
20. MUAMBEIRO: – Tem garantia de fábrica.
21. NAMORADA: - Pra dizer a verdade, nem beijar eu sei.
22. NAMORADO: – Você foi a única mulher que eu realmente amei.
23. NOIVO: - Casaremos o mais breve possível!
24. ORADOR: – Apenas duas palavras…
25. POBRE: - Se eu fosse milionário espalhava dinheiro pra todo mundo.
26. RECÉM-CASADO: – Até que a morte nos separe.
27. SAPATEIRO: – Depois alarga no pé.
28. SOGRA: – Em briga de marido e mulher não me meto.
29. VAGABUNDO: – Há 3 anos que procuro trabalho mas não encontro.
30. VICIADO: – Essa vai ser a última.


O que as mulheres procuram nos homens de acordo com a idade